2ª edição do Festival de Jazz e Blues de Arraial do Cabo começa hoje

A 2ª edição do Festival de Jazz e Blues de Arraial do Cabo começa hoje, dia 19, na Orla da Praia Grande. O evento é gratuito e reúne diversos artistas do cenário nacional e internacional em três dias de apresentações. O primeiro show será do cantor Ed Motta, com início marcado para às 19h.

A praça de alimentação e a área kids abrem todos os dias às 18h e quem for ao festival vai encontrar uma estrutura com Beer trucks de cerveja artesanal e estandes de gastronomia para todos os gostos, expositor de vinhos e espumantes, café, área kids com Parquinho Infantil e brincadeiras, entre outras atrações. Conheça a história de cada artista que estará presente nessa festividade!

ED MOTTA

Ed Motta é cantor, compositor e produtor musical. Sobrinho de Tim Maia, Ed Motta teve sua voz reconhecida como a 39ª “Maior Voz da Música Brasileira” pela conceituada revista Rolling Stone. Carioca, desde pequeno ouvia música disco, soul e funk, inclinando-se mais tarde para o rock, de que tornou-se profundo conhecedor. Participou como vocalista da banda Kabbalah, de hard rock, com influências de Deep Purple, Black Sabbath e outras bandas dos anos 70. Com uma voz inconfundível e uma presença de palco única, Ed Motta trará para a Praia Grande sucessos como “Manuel”, “Colombina”, “Vendaval”, “Fora da Lei” e outros tantos.

GABRIEL FIORITTO

Gabriel Fiorito dedicou os últimos 10 anos da sua vida a produzir música das mais diversas formas, sempre priorizando a qualidade e autenticidade. Gabriel, que é formado em música pela Universidade Estadual de Campinas, teve como principal influência os discos de blues e rock da coleção do pai. É morador de Arraial do Cabo desde 2013 e vem se apresentando em todo Brasil levando diversos ritmos para o público, chegando até a se apresentar na cidade de Freiburg, na Alemanha.

LUIS CARLINI

Luiz Sérgio Carlini, criado no bairro da Pompéia, em São Paulo, é considerado um dos maiores guitarristas brasileiros da história do rock! Fundador e líder da banda Tutti Frutti, sucesso dos anos 70, que tocou e gravou com Rita Lee alguns dos maiores sucessos da cantora, como Esse Tal de Roque Enrow, Agora Só Falta Você, Corista de Rock e Ovelha Negra. Luiz também foi guitarrista da Banda Camisa de Vênus em meados dos anos 90.

BETO SAROLDI

Beto Saroldi é saxofonista, compositor e produtor musical que já trabalhou com grandes astros da música Brasileira como Gilberto Gil, Erasmo Carlos, Fagner, Fafá de Belém, Lulu Santos, Toquinho, Barão Vermelho entre outros. Seu sax contribuiu com o fantástico Jim Capaldi, do grupo inglês “TRAFFIC”. Muito requisitado em gravações, participou de mais de 300 discos de Ouro e Platina na Música Brasileira. Com Gilberto Gil, se apresentou nos maiores Festivais de Jazz & Blues pelo mundo dividindo noites com Miles Davis, B.B. King, Albert King e muitos outros Astros.

LEO BARRETO BAND BLUES BAND

Léo Barreto é guitarrista, cantor e compositor de Rock & Blues. Foi um dos pioneiros do segmento em Belo Horizonte no final dos anos 80. Em 94, trocou Minas pelo Rio de Janeiro, onde teve a oportunidade de dividir o palco com grandes nomes da música, como Celso Blues Boy, Litle Jimmy Reed, Banda Blitz entre outros. Lançou seu primeiro trabalho autoral em 2005, onde teve a faixa “Velho Novo Mundo” tocando em várias rádios. Seu CD também tocou em programas Rock Blues na Espanha, Portugal e Alemanha. Radicado na Região dos Lagos, é tido como referência musical, sendo apelidado carinhosamente como “O Nome do Rock”.

BLUES ETÍLICOS

Blues Etílicos é a banda há mais tempo em atividade no segmento. Desde meados dos anos 80, a banda vem produzindo uma extensa obra autoral, além de gravar homenagens às suas principais influências, tendo lançado doze CDs e um DVD. Ainda assim, pode-se dizer que a música do Blues Etílicos não se limita a nenhum rótulo específico. A densidade do blues, a energia do rock e o balanço da música brasileira são os três elementos básicos que regem seu som. É música para ouvir, dançar e festejar. O Blues Etílicos tem o dom de agradar os mais diversos públicos. Nesses 30 anos de estrada foram maturando essa que é a mais criativa e popular das bandas brasileiras nesse segmento.

LORENZO THOMPSON

Lorenzo Thompson nasceu na cidade de Greenwood, no Mississippi, mudando-se para Chicago com sua família quando tinha 5 anos. Sua primeira experiência de canto foi no coral da igreja. Lorenzo é um artista dinâmico, que tem a capacidade única de se conectar com o público em todos os lugares onde se apresenta. A sua energia é contagiante e ele transforma cada show em uma grande festa. Nos últimos quinze anos, vem se apresentando por todo circuito de blues Americano, excursionando pela Europa, em países como Espanha, Alemanha, República Tcheca, Áustria, Hungria, Polônia e Rússia. Em sua rota na América do Sul estão o Chile, Argentina, Paraguai e Brasil.

MÚSICA SEM FRESCURA

O projeto Música Sem Frescura vem trazer, sem delongas, música instrumental de uma forma simples e objetiva. De autoria e direção do guitarrista e violonista João Pires, é composta por um time de músicos jovens e virtuosos, contando com Rafael Sena (Piano), Rauel Mendes (bateria), Toddybass Ribeiro (contrabaixo), Gabriel Leite e Kakadio Rocha (Sopros). A banda tem como proposta valorizar temas da música nacional e internacional em versões instrumentais, trazendo e aproximando o público para o universo do Soul, passando pelo Funk, R&B, Jazz, Rock e MPB.

FABIO RIZENTAL

Formado em harmonia funcional pela Musiarte, no Rio de Janeiro, e em improvisação pela Berklee College of Music, em Boston – maior faculdade independente de música do mundo -, Fabio formou duas bandas no final dos anos 80 e trabalhou ao lado de artistas como Rosana, Leno & Lilian, Nico Rezende e Rosemary nas décadas seguintes. Em 2013 lançou o primeiro trabalho da sua carreira solo, além de ter tocado, no mesmo ano, no Rock in Rio; episódio realizado também no Rock in Lisboa de 2014. Além das releituras de Milton Nascimento e das suas composições “Metal Cigano” e “Boninha”, Fabio se destaca como instrumentista pelo alto nível técnico e belíssimos improvisos na guitarra no mais autêntico estilo jazzfusion, sem perder as características da música mineira de Milton, mas diferente de todas as releituras existentes.

Neste show, Fabio conta mais uma vez com a participação da cantora Jane Duboc, criando ao vivo uma forte parceria com grande sintonia musical. Os dois artistas vem se apresentado juntos com muito sucesso em palcos como o do Blue Note Rio. Fábio é acompanhado por Luiz Makarra (bateria), Michel Nascimento (percussão), Paulo Renato Maciel (teclados), Alexandre Berreldi (baixo).

Confira a programação completa:
Sexta-feira (19/07):
Ed Motta
Gabriel Fiorito
Beto Saroldi
Luiz Carlini

Sábado (20/07):
Léo Barreto Blues Band
Blues Etílicos
Lorenzo Thompson

Domingo (21/07):
Coral Cantores D’Aldeia
Música Sem Frescura
Banda Staccato
Fábio Rezental e Jane Duboc (tributo a Milton Nascimento)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here