Aeroporto anuncia novos voos para Cabo Frio

A partir de dezembro o Aeroporto Internacional de Cabo Frio, que agora passa a se chamar Cabo Frio Airport, receberá novos voos vindos tanto do Brasil quanto da Argentina. O anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira (9) em reunião que contou com a presença do prefeito dr Adriano Moreno; do secretário de Turismo, Radamés Muniz; do secretário de Fazenda, Antônio Carlos Nascimento Vieira; do diretor administrativo do Aeroporto, Murilo Junqueira; do representante do Conselho de Administração, Eduardo Valle e do consultor de negócios, Ricardo Azevedo.

A mudança do nome do aeroporto, “mais curto e em inglês, permite explorar ainda mais a relação com clientes de outros países e reforçar a importância do aeroporto atuar como polo de desenvolvimento de comércio exterior e de turismo”, explicou Murilo. Além disso, ele anunciou que a partir de dezembro serão 18 voos semanais (14 de Belo Horizonte, dois da Argentina e dois de Viracopos), com mais de 2 mil passageiros, todos em parceria com a Azul Linhas Aéreas. Atualmente Cabo Frio recebe apenas três voos semanais vindos do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte (Confins), com 210 assentos no total. Também existe a previsão do aumento de voos de transporte de cargas, gerando maior arrecadação para o município.

Outra novidade anunciada no encontro é a criação de uma estratégia de comunicação voltada para divulgar Cabo Frio em vários locais, em parceria com a Azul. “A proposta é criar estratégia digital com divulgação no site e nas redes sociais da empresa, com email para um mailing especial, campanhas AdWords, e também com folheterias da cidade distribuídas tanto nas lojas da Azul quanto em agências e ônibus que fazem o transporte de passageiros para diversos aeroportos entre outras estratégias”, explicou o diretor Murilo, lembrando que a ideia é fazer com que as ações de alta temporada gerem também demandas permanentes na baixa estação.

O secretário de Turismo, Radamés Muniz, lembrou que além da ampliação dos voos, Cabo Frio também será beneficiada com criação de um calendário anual de eventos, que será feito a partir de um edital. “A ideia é reunir eventos de grande, médio e pequeno porte, que passarão pela análise de uma banca, para avaliar todas as contrapartidas que esses eventos trarão para a cidade através do aporte de verbas. Será um calendário fixo para ser mantido independente da mudança de governo, exatamente como acontece com a Flip (Feira Literária Internacional de Paraty). E com esses novos voos para Cabo Frio, a expectativa é de que esse calendário atraia ainda mais turistas o ano todo”, explicou.

O consultor de negócios Ricardo Azevedo se mostrou satisfeito com essa aproximação entre a direção do aeroporto e o Poder Público. “Isso me faz pensar, novamente, na criação de um polo industrial previsto para uma área de 3,5 milhões m² em volta do aeroporto, incrementando ainda mais o setor de voos de carga e a geração de emprego e renda para Cabo Frio”, comentou.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here