Alair Corrêa: “Saibam que sou pré-candidato a prefeito de Cabo Frio”

Na manhã desta segunda-feira, dia 17, o ex-prefeito de Cabo Frio foi até as redes sociais se pronunciar que é pré-candidato a cadeira de Chefe do Executivo.

Confira a nota na íntegra:

“Já se passaram quatro anos da pior crise financeira do país, aquela que fez nosso povo sofrer tanto! Em 2015/2016, devido à crise nacional, tivemos a queda do petróleo. Caímos de R$30 milhões-mês para apenas R$5/6 milhões-mês. Vimos então o céu desabar sobre nosso povo e cidade. Foram os nossos piores dias! Mas, observando os anos seguintes dos governos Marquinho Mendes e Adriano, premiados com a volta de parte do petróleo tirado da gente e, apesar disso, sem terem conseguido equilibrar as finanças das cidade, RESOLVI LANÇAR MEU NOME!

Do meu governo para cá, os royalties que recebíamos no valor de R$5/6 milhões-mês, já estão hoje, ano de 2020, em quase R$20 milhões-mês! Analisando os nomes surgidos como pré-candidatos a prefeito para 2020, concluí serem bons, mas também inexperientes. É verdade que entre eles há o Bonifácio e Dirlei, com anos de politica, mas, assim como os demais, jamais administraram uma empresa em crise, quiçá uma cidade! Por isso concluí: PRECISO VOLTAR! A cidade está sem vida, sem alegria. Comércio vazio, ambulantes sem turistas para atender. O jovem, antes sonhador, agora vive na desesperança. A cidade progressista agoniza! Em 2016, arrecadamos menos R$250 milhões, não tive como administrar! Os críticos, ao invés de focarem naqueles que assaltaram a Petrobrás, preferiram me fazer culpado! Agora, muito mais experiente pela crise que enfrentei e com a arrecadação mais estabilizada, preciso voltar para administrar a cidade! SOU PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO, A CIDADE PRECISA DE MINHA EXPERIÊNCIA!”, disse.

1 COMENTÁRIO

  1. É muita cara de pau desse corrupto!!!
    ELEITORAL 27 DE AGOSTO DE 2018 ÀS 12H45
    MP Eleitoral contesta candidatura de ex-prefeito de Cabo Frio (RJ) a deputado estadual
    Imprimir
    Alair Correa (PRP) teve contas reprovadas pelo TCE/RJ e direitos políticos suspensos pelo TJ/RJ

    Quadrado cinza escrito “Eleitoral”
    Imagem ilustrativa / Secom

    O Ministério Público Eleitoral no Rio de Janeiro impugnou o registro do candidato a deputado estadual Alair Correa (PRP), ex-prefeito de Cabo Frio (RJ). Correia teve suas contas na prefeitura (2001-2004) reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE/RJ) e seus direitos políticos suspensos pelo Tribunal de Justiça (TJ/RJ). Pela Lei da Ficha Limpa (LC 135/2010), candidatos condenados por órgãos colegiados, como os Tribunais de Contas, ficam inelegíveis por oito anos. No Estado do Rio, 24 candidatos tiveram registro impugnado em função dessa legislação (v. link abaixo).

    Ele foi condenado por pagar indevidamente R$ 1,2 milhão a agentes públicos e servidores comissionados entre 2001 e 2004. Em sua decisão, o TCE/RJ apontou graves e insanáveis irregularidades, que caracterizam ato de improbidade administrativa dolosa, uma das hipóteses de inelegibilidade definidas na lei.

    O TJ/RJ, por sua vez, condenou Correa em seis diferentes processos por atos dolosos de improbidade administrativa, como irregularidades em procedimentos licitatórios e celebração de contratos, construção em área tombada, repasse de verbas ao legislativo municipal acima do permitido e contratação de trabalhadores sem realizar concurso público. Entre outras penas, ele teve seus direitos políticos cassados por quatro anos. O MP Eleitoral ainda fez consulta a tribunais superiores e não há decisão liminar que suspenda essa inelegibilidade.

    “Com base nos fatos indicados na decisão condenatória do Tribunal de Justiça, ficou demonstrado que os atos de improbidade administrativa praticados pelo candidato importaram cumulativamente em lesão ao patrimônio público e enriquecimento ilícito, razão de sua inelegibilidade”, afirmou o procurador regional eleitoral Sidney Madruga na ação ao TRE, que vai notificar o réu para apresentar sua defesa.

    Assessoria de Comunicação
    Ministério Público Federal na 2ª Região (RJ/ES) | Procuradoria Regional Eleitoral/RJ
    Tel.: (21) 3554-9003/9199

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here