Atleta de Cabo Frio é campeão da Libertadores de Beach Soccer

O Vasco da Gama conquistou o título de campeão da Taça Libertadores da América de Beach Soccer, em Luque, no Paraguai, ao bater o Cerro Porteño (PAR) por 7 a 5. Um dos grandes destaques dos cruzmaltinos na competição foi o cabo-friense Henrique Pádua. A partida aconteceu no sábado, dia 21.

O Vasco entrou na primeira fase no Grupo B e venceu seus três jogos: Racing (URU) por 9 a 3; Tito Drago (PER) por 6 a 2; e Cerro Porteño (PAR) por 7 a 4. Nas quartas de finais venceu o Hamacas FC (BOL) por 7 a 3. Já nas semifinais o adversário foi o Acassuso, da Argentina, e terminou empatado em 2 a 2. Nos pênaltis os cruzmaltinos levaram a melhor: 2 a 0.

Na grande decisão, o time carioca selou a conquista do tri-campeonato da Libertadores da América e o ala de Cabo Frio foi importantíssimo na campanha do título. Com muita experiência e técnica refinada, Henrique Pádua foi um dos pilares da conquista do Gigante da Colina.

“Muito feliz em fazer parte desta história. Ser tricampeão da Libertadores é um sentimento indescritível. O Vasco está carente de títulos e o Beach Soccer, nos últimos 10 anos, está sendo a modalidade de maior fruto em São Januário e o torcedor reconhece isso. Espero que a instituição consiga enxergar isso e dar mais apoio e estrutura para a modalidade”, contou o jogador, que agradeceu a família.

Os jogadores do Vasco da Gama deram a volta olímpica em São Januário no domingo (22), no intervalo do jogo entre o cruzmaltino e o Athletico Paranaense pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, e foram recebidos com festa pela torcida, que lotou as dependências do estádio.

“Gratidão a Deus e a todos os envolvidos. Minha esposa, filho, meus pais e irmãos, amigos, a todos que viram meu esforço para chegar até aqui. É lindo ser campeão e ganhar, sentimento único, mas a próxima competição sempre será a mais importante”, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here