Baixa adesão à vacinação contra pólio e sarampo prorroga Campanha Nacional até o próximo sábado

O segundo Dia D da Campanha Nacional contra Pólio e Sarampo, no sábado, 15, mais uma vez ficou abaixo das expectativas, tanto em Cabo Frio quanto em boa parte do país. No município, apesar de a ação contar com 18 unidades à disposição dos pais, somente 483 crianças de 1 ano a menores de 5 anos foram imunizadas. Por conta disso, a campanha foi prorrogada até o próximo sábado, dia 22, quando acontece mais um Dia D. Esta é a terceira vez que a ação é prolongada.

A meta do Ministério da Saúde é proteger 95% do público-alvo, que em Cabo Frio representa 10.662 crianças, mas até o momento apenas 8.253 doses foram aplicadas contra a pólio, o que significam 77,41%. Contra o sarampo foram 8.425 doses, que representam 79,02%. As unidades que vão vacinar durante a semana são o Centro de Saúde Oswaldo Cruz (CSOC); os Esf’s Manoel Corrêa, Jardim Caiçara, Itajuru, Jacaré, Tangará, Boca do Mato, Maria Joaquina, Samburá, UBS da Praia do Siqueira; Hospital do Jardim; PS de Unamar; PAM de Santo Antônio e Esf Florestinha. Os pólos para o dia D ainda estão sendo definidos.

“Desde o início da campanha, no começo de agosto, a gente reforça a obrigação dos pais e o papel fundamental deles na proteção aos seus filhos. Vacinar é lei no Brasil. É incompreensível que os responsáveis não atentem para o perigo de não imunizarem suas crianças, ainda mais com doenças de alta letalidade e contágio como o sarampo e a pólio. As Secretarias municipal e estadual, bem como o Ministério estão fazendo a sua parte. Cabem aos pais fazerem a deles”, apelou o médico Beto Nogueira, da Saúde Coletiva de Cabo Frio.

Poliomielite
Segundo especialistas, a vacina contra a poliomielite é segura e protege contra os dois sorotipos do poliovírus 1 e 3. Crianças com comprometimento imunológico devem ser avaliadas antes de tomar a vacina. De acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil está livre da poliomielite desde 1990, portanto é fundamental que a população procure a vacina.

Sarampo
Este ano, 18 casos de sarampo foram confirmados no estado do Rio de Janeiro, sendo 15 na cidade do Rio, dois em Duque de Caxias e um em Niterói. Segundo informações da Secretaria Estadual de Saúde, a pasta está trabalhando em parceria com os municípios, inclusive realizando vacinação de bloqueio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here