Com exoneração de 1.200, Cabo Frio espera economizar cerca de R$ 13 milhões por ano a partir de 2020

A Prefeitura de Cabo Frio estima uma economia de R$ 13 milhões por ano a partir de 2020 depois da exoneração de 1.200 cargos comissionados e de funções gratificadas que começou a ser feita no sábado (1º).

O município informou que a reestruturação foi feita depois de uma auditoria do Tribunal de Contas do Estado que fez vários apontamentos na esfera de determinações e recomendações sobre a legislação que trata da estrutura administrativa de Cabo Frio.

Ainda segundo a Prefeitura, quem foi exonerado pode voltar para o cargo após uma análise que vai acontecer por meio de uma comissão que está sendo montada. Os cargos prioritários serão os que poderão ser recontratados após a análise, que vai investigar o que é prioridade ou não na cidade.

Uma comissão de redução de despesas também está sendo criada para avaliar e revisar todos os processos que estão em andamento na Prefeitura.

A Prefeitura ressaltou que os serviços essenciais continuam funcionando.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here