Emendas no Plano Municipal de Cultura de Cabo Frio são apresentadas em reunião

A Câmara de Vereadores de Cabo Frio recebeu na noite de quarta-feira (24) a secretária de Cultura e conselheiros do Plano Municipal de Cultura para a leitura das emendas feitas ao documento original. Foi aberto novo prazo para outras possíveis alterações no plano. Representantes da sociedade civil e da própria gestão municipal, através da Secretaria de Cultura, têm até o meio-dia do próximo dia 5 de novembro para sugerir mudanças. No dia 6, será feita a última leitura do documento para que o Plano seja encaminhado ao plenário da Câmara e votado pelos vereadores.

Na reunião, a secretária de Cultura, Meri Damaceno, ressaltou a importância do atual momento do segmento na cidade e parabenizou o vereador relator do Plano de Cultura, Miguel Alencar, pela oportunidade de todos poderem trabalhar em prol da cultura local. “Parece que estávamos andando para frente, mas sempre acabávamos dando vários passos para trás. Sinto que se não for agora o nosso momento de aprovar esse Plano, não sei mais quando será. Temos que agradecer essa oportunidade e aproveitá-la” pontuou Meri.

Estiveram presentes os conselheiros das categorias de Artes Audiovisuais, Artesanato, Artes Cênicas e LGBTQI+, que elogiaram a construção democrática do plano. O diretor de cultura da Câmara de Vereadores, Ricardo Varella, comentou sobre a importância desses encontros e sobre a importância da cultura para todos. “Arte e Cultura não tem política nem religião. Arte é arte por si só. Por isso esses passos que estão sendo dados são de suma importância para toda a população artística e não artística”, disse Ricardo.

Durante a reunião, conselheiros e sociedade civil discutiram também possíveis novas alterações como retirada de alguns pontos considerados desnecessários no documento e a inclusão de eventos que acontecem há, pelo menos, um ano na cidade.

Novos planos para a categoria de artistas de rua

Durante a reunião, os representantes de Artes Cênicas e Artesanato comentaram sobre a Lei do Artista de Rua, que recebeu uma emenda em outra ocasião, mas ainda precisa de ajustes, de acordo com os profissionais da área. Segundo o vereador Miguel Alencar, a Coordenadoria de Posturas será chamada para a próxima reunião para que ela saiba como agir com os artistas de rua. “É preciso haver o entendimento entre a Secretaria de Cultura e a Superintendência de Posturas. Podemos marcar outra reunião com ambas as partes para afinar esse trabalho”, disse Miguel Alencar.

Complementando a fala do vereador, Meri Damaceno garantiu que o superintendente de Posturas estará na próxima reunião, que a princípio ficou marcada para a próxima quarta-feira, dia 31 de outubro. “Eu me comprometo a trazer o coordenador de Posturas para essa reunião. Vocês são a peça principal do xadrez. Nosso trabalho é para que vocês possam trabalhar em paz durante a alta temporada”, garantiu a secretária de Cultura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here