Glaidson diz viver “pesadelo” e denuncia extorsões em carta

Preso desde 25 de agosto, o ex-garçom Glaidson Acácio dos Santos, conhecido como Faraó dos Bitcoins, escreveu uma carta aberta aos clientes publicada nas redes sociais nesta quarta-feira (8/12).

No documento, ele alega viver seu “pior pesadelo” e receber visitas de pessoas mal intencionadas, que estariam tentando extorqui-lo em troca de sua liberdade.

Acusado de liderar um esquema de fraude contra o sistema financeiro nacional, ele foi mandado para o banco dos réus pela Justiça Federal com outras 16 pessoas, entre elas sua esposa, a venezuelana Mirelis Zerpa, que está foragida.

Veja a carta na íntegra:

“Escrevo esta carta de coração quebrado por saber que há três meses vocês estão sem receber seus rendimentos. Nunca, nem nos meus piores pesadelos, poderia imaginar que isso poderia acontecer. Que estaria preso injustamente. Que seríamos proibidos de pagar”, diz Glaidson, em um dos trechos.

“Quase uma década de trabalho jogado na lama sem jamais termos causado dano algum a ninguém. (…) Amigos, não imaginam a tortura psicológica passar por prisão sem ter cometido crime (…). Me orgulho de ser negro e humilde, a verdade prevalecerá”, argumenta.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here