Governo de Cabo Frio recebe SepeLagos e não garante 13° dos profissionais da Educação

Depois de algumas horas de espera, os representantes do SepeLagos foram recebidos pelo secretário de Governo de Cabo Frio, o procurador do município e um assessor do prefeito. Questionados sobre o pagamento do 13° salário, disseram que hoje não tem dinheiro em caixa e que a previsão de pagamento é fevereiro.

Segundo o secretário, se entrar a verba do Estado que o município está aguardando, ainda para esse ano, os profissionais receberão o pagamento.
A falta de transparência das contas públicas também foi questionada.


Na ocasião, os representantes do sindicato perguntaram sobre os R$ 40 milhões da Educação que foram desviados. O procurador do município informou que o governo já prestou contas à justiça e que aguarda a liberação do Ministério Público para tornar o processo público.


Os sindicalistas também questionaram o aumento salarial da categoria e, lembraram, que o acordo era rediscutir a questão em setembro. O secretário falou que, sobre esse assunto, o governo abrirá a negociação com os profissionais na segunda quinzena de janeiro de 2020.


Como já advertido pelo sindicato, pagar o décimo terceiro não é prioridade do governo. Estamos em greve! Continuamos em luta! Todos e todas à assembleia amanhã, às 18h, na E.M. São Cristóvão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here