Médica é presa durante o plantão em hospital de Cabo Frio

Segundo a Polícia Militar, contra ela havia um mandado de prisão por estelionato

De acordo com a denúncia, a médica e um homem teriam obtido vantagem ilícita, em mais de R$ 1,1 milhão, prometendo a um outro homem, que não teve a identificação revelada, uma sociedade empresarial para investimentos em empresas milionárias, com remuneração de capital investido na base de 5% ao mês, o que não ocorreu.

De acordo com a denúncia, os fatos ocorreram no período de maio de 2019 a janeiro de 2020 e causaram significativo desfalque patrimonial ao homem que denunciou o caso.

A médica, Fernanda de Carvalho, 41 anos, foi levada para a delegacia de Cabo Frio, neste domingo, dia 21.

A Prefeitura de Cabo Frio informou que a médica foi contratada seguindo os trâmites legais, não sendo identificado na época qualquer tipo de problema que a desabonasse. O departamento jurídico da Secretaria Municipal de Saúde está analisando o caso para realizar os trâmites necessários.

A Prefeitura informou ainda que o atendimento médico no Hospital da Mulher segue sendo realizado normalmente na unidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here