Moradores fazem ato na Estrada que liga Cabo Frio e Arraial do Cabo e reclamam de abordagens policiais

Moradores do bairro Manoel Corrêa, em Cabo Frio, fizeram um protesto na RJ-140 por cerca de duas horas na tarde desta quarta-feira (10). O objetivo, segundo os manifestantes, é chamar atenção para as abordagens policiais na comunidade, que eles classificam como truculentas.

Os moradores dizem que as abordagens truculentas são feitas, por vezes, por policiais vestidos com toucas ninja. Segundo a Polícia Militar, “a utilização de toucas ninjas é para proteger o policial que porventura more próximo às localidades com maior número de operações”.

O protesto reuniu cerca de 30 pessoas próximo a uma rotatória. Um dos cartazes traz a frase “não queremos ser mais uma vítima de bala perdida”.

Segundo a Salineira, empresa responsável pelo transporte público, por conta do protesto, algumas linhas chegaram a ter o percurso desviado para a estrada que leva ao Aeroporto Internacional de Cabo Frio. As linhas foram normalizadas.

Em nota, a Polícia Militar afirmou que o batalhão “tem realizado operações com o objetivo de reprimir ações criminosas naquela localidade” e que, recentemente, foram apreendidas armas, drogas, e efetuadas diversas prisões e retiradas de barricadas para dificultar o acesso à comunidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here