Adolescente matou namorada com uma gravata após ouvir que ela estava grávida

A investigação prossegue para apurar se de fato ele agiu sozinho ou alguém o ajudou.

Por Redação JS em 27/07/2016 07h24

O adolescente autor do homicídio de Victoria de Souza Barbosa, enfim se entregou na 74ª DP, em Alcântara. O menor, era procurado desde sábado (23), quando o corpo de Victoria, namorada do criminoso, foi encontrado na Praia da Joana, em Rio das Ostras.


Em depoimento, L.V, de 16 anos, confessou que na terça-feira (19), por volta de 13h, marcou um encontro com Victória, na Praia da Joana, Bairro Costa Azul, Rio das Ostras, após manterem relações sexuais discutiram em razão da menina alegar que estava grávida e iria se mudar para Europa. O adolescente se irritou por não poder ver seu filho no futuro, durante a discussão a vítima teria ameaçado contar aos pais de ambos que o namorado é usuário de drogas. O adolescente então, disse ter “perdido a cabeça” e aplicou uma gravata (golpe que enforca a pessoa pelas costas) até que deixasse-a desacordada. O agressor alegou que não tinha intenção de matar a jovem e que cometeu o crime sozinho.



O menor disse ainda que mentiu no primeiro depoimento (sexta), mas ao chegar em casa revelou a verdade para familiares. A perícia confirmou a morte por asfixia, porém segundo o IML, a jovem não estava grávida.


O adolescente ficará internado por ordem judicial. A investigação prossegue para apurar se de fato ele agiu sozinho ou alguém o ajudou.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Violência desenfreada