Alair Correa: "Se ficar o bicho pega, se correr o bicho come"

"O objetivo é acabar com essa falácia", disse Alair.

Por Redação JS em 08/01/2016 15h50
O prefeito Alair Correa fez uma proposta ao Sepe Lagos nesta sexta-feira, por meio de seu facebook. O prefeito  propôs passar todo a verba do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – Fundeb - para o Sepe.

Alair declara que sua atitude serve para "Acabar com essa falácia e denúncia como a de que o prefeito escondeu o dinheiro". Ainda segundo o prefeito, o Sepe ainda tem a opção de "assumir a mentira para os professores e sociedade".

Postagem do prefeito, na íntegra: 


PROPOSTA: Como o SEPE alega que o valor que a prefeitura recebe do FUNDEB é tão significativo, que até sobra dinheiro, resolvemos propor o seguinte: embora a lei permita às prefeituras gastarem o mínimo de 60% desse dinheiro com a folha, resolvemos propor ao SEPE, tornar lei pela Câmara a obrigatoriedade de distribuir 100% de toda verba do FUNDEB para a folha do Ensino Fundamental (a prefeitura já faz isso), e com recursos próprios pagar integralmente a folha do Ensino Médio (hoje já é assim). Desta forma, o FUNDEB chegando aos cofres da prefeitura passaria a ser distribuído 100% aos servidores da Educação Fundamental. Exemplo: o valor do mês sendo R$ 9 milhões como foi em dezembro, ou sendo de R$ 12/15 ou R$ 20 milhões em outros meses pertencerá todo ele aos servidores.


OBJETIVO DA PROPOSTA: Acabar com essa falácia e denúncias como a de que "o prefeito escondeu o dinheiro" e permitir o SEPE que está seguro de que tem sobra na verba, um crescimento da renda do servidor. Na verdade, o que desejamos com essa PROPOSTA, é que o SEPE endosse o que falou, segundo eles "verdade" a seus associados de que tem sobra ou rejeita alegando que o dinheiro do FUNDEB não cobre a folha. A última opção assumem a mentira para os professores e sociedade. Está feita a proposta dos 100%, sendo verdade o que SEPE alegou os servidores receberão mais, sendo mentira, os servidores receberão menos! Com a palavra, os dirigentes do SEPE. Utilizando um dito popular: Se ficar o bicho pega, se correr o bicho come!”.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Famílias destruídas