Aluno do Novo Cidadão de Cabo Frio disputa Mundial de Ginástica

Atleta cabo-friense começa a competir nesta sexta-feira, na Bulgária

Por em 17/11/2017 10h34
Celeiro de talentos no esporte, Cabo Frio continua sua produção através do projeto sócio-esportivo Novo Cidadão. E neste final de semana, em Sofia, na Bulgária, a cidade será representada no Mundial de Ginástica de Trampolim por um aluno do projeto: Said Rocha, de 15 anos. Ele estará disputando na categoria juvenil e concorrendo com atletas de 48 países.
 
Said já está em solo búlgaro desde terça-feira (14) acompanhado pelos treinadores do Novo Cidadão, Edson Olaendre e Ana Paula Mendes. O atleta cabo-friense começa a competir nesta sexta-feira (17). 

A competição termina domingo (19). O jovem talento disputará medalhas em dois aparelhos de trampolim: tumbling e duplo mini, ficando de fora do trampolim acrobático.
 
“Estou muito focado nos treinos pré competição. Estou treinando ao lado de atletas de vários países, inclusive alguns que já foram campeões mundiais. Isso tem sido muito bom, pois podemos fazer uma preparação para competição já observando o nível que vamos encontrar. Estou muito confiante e desempenhando o meu melhor”, disse Said Rocha.
 
O secretário de Esportes de Cabo Frio, Atila Motta, elogiou Said e os treinadores pelo trabalho, e afirmou acreditar em medalha após todo o esforço para o cabo-friense competir.
 
“Said é um atleta muito talentoso e disciplinado. Quero aproveitar para parabenizar seus professores que fazem um grande trabalho, vide que ninguém vai ao Mundial à toa. Confio muito que ele possa ser medalhista pela sua capacidade, mas a maior vitória é dele estar representando nossa cidade em uma competição tão importante”, Átila.
  
Despertar pra Ginástica no Novo Cidadão
 Uma das principais esperanças de medalhas do Brasil no Mundial da Bulgária, o jovem Said Rocha foi descoberto no projeto sócio-esportivo Novo Cidadão, em 2012, quando tinha apenas 10 anos. Desde então vem treinando sob a orientação dos professores Edson Olaendre e Ana Paula Mendes, que lembrou o início do jovem.
 
“Said iniciou na ginástica quando tinha 10 anos. Agora, com 15, ele é a prova do quanto um projeto social pode promover boas coisas na vida de um jovem. Sem dúvida, foi o projeto que possibilitou a realização dessas conquistas, e isso serve de inspiração para as demais crianças que chegam a nós com o sonho de aprender ginástica”, disse a treinadora.
 
O Mundial de Ginástica de Trampolim não será a primeira grande competição que Said Rocha participa. Ele atualmente é penta campeão brasileiro, campeão Sul-Americano e vice-campeão Pan-Americano.

 


Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Assédio - Editorial JS