“Após 20 anos do início da era dos royalties do petróleo, a cidade tem menos emprego

Diz o candidato a Prefeitura de Cabo Frio, Janio Mendes, em sua primeira semana de campanha

Por Redação JS em 23/08/2016 10h17
A primeira semana da campanha do candidato a prefeito de Cabo Frio, Janio Mendes (PDT), foi marcada por caminhadas em diversos bairros do município, além de três comícios e inúmeros porta- a- portas pela cidade. 
 
Janio começa o seu dia, pontualmente, às 06h da manhã. Em apenas seis dias de campanha o candidato já esteve presente em 10 bairros do município, além do Distrito de Tamoios, por onde caminhou por diversas ruas e realizou o primeiro comício desta nova jornada eleitoral.
 
Janio também tem conversado com os eleitores sobre as propostas para o município. Com projetos desenvolvidos por equipes técnicas, específicos principalmente para saúde, turismo e educação integrada e em tempo integral, o pedetista ressalta também a importância de fazer Cabo Frio crescer economicamente com o turismo, durante o ano inteiro, assim como o incentivo fiscal para implantação de empresas no município, dessa forma, gerando empregos, prioritariamente, para os munícipes.
 
Quando questionado sobre o direcionamento dos recursos provenientes dos royalties do petróleo, Janio destaca a má utilização da verba nas últimas décadas.
 
“Chegamos hoje, após 20 anos do início da era dos royalties do petróleo, duas décadas, e a cidade tem menos emprego, a cidade tem menos oportunidade de trabalho para os seus filhos”, lamentou Janio Mendes.
 
Durante os seus discursos o candidato tem destacado, também, projetos sociais como: Cartão Café do Trabalhador e Cartão do Estudante. Segundo ele, os portadores dos cartões poderão tomar o seu café da manhã ou comprar o uniforme e o material escolar em qualquer estabelecimento do município, que esteja devidamente cadastrado e possua a máquina, específica, para utilização do cartão.
 
Segundo Janio, o critério para o cadastro dos estabelecimentos da cidade, nos projetos da prefeitura, será a legalização comercial.
 
Entre os diversos projetos que compõe o Plano de Governo de Janio Mendes, está também o “Cartão Cesta Básica”, que prevê que as famílias carentes cadastradas no CRAS (Centro de Referencia da Assistência Social), e que se enquadrem nos requisitos do projeto, recebam o Cartão Cesta Básica, para compra de alimentos, que compõe a cesta básica, em qualquer estabelecimento cadastrado no município.
 

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes Dupla vascaína
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Alvo humano