Araruamenses vítimas de chuvas de março podem solicitar saque do FGTS

Decreto assinado pelo prefeito Miguel Jeovani foi homologado pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro e reconhecido pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil

Por em 22/06/2016 15h04
Mais um fruto colhido com os esforços realizados pelo governo municipal por ocasião das chuvas que assolaram o município de Araruama no  início de marçodo corrente ano, quando a equipe da Secretaria de Defesa Civil mapeou as ruas e bairros atingidos e decretou estado de Situação de Emergência (Decreto Nº 24, de 1º de março). O decreto assinado pelo prefeito Miguel Jeovani foi homologado pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro e reconhecido pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil.

Uma equipe da Caixa Econômica Federal vai iniciar nesta quarta-feira, dia 22, das 8 às 16h, na sede da Secretaria Municipal de Defesa Civil, o atendimento às vítimas das chuvas que queiram sacar o FGTS. O primeiro atendimento para esta finalidade acontece até o dia 28 de junho.

O valor do saque corresponde ao saldo disponível na conta vinculada, na data da solicitação, limitado à quantia correspondente a R$ 6.220,00. Poderão sacar o FGTS aqueles que tiveram seus imóveis afetados pelas chuva e constam na lista de logradouros disponibilizada através do site da Prefeitura de Araruama (www.araruama.rj.gov.br). 

De acordo com o prefeito Miguel Jeovani, para conseguir o reconhecimento Federal da Situação de Emergência, a Prefeitura precisou cumprir os trâmites legais de primeiro fazer um decreto no âmbito municipal. 

"Graças ao trabalho técnico desenvolvido pela Defesa Civil Municipal, que inventariou todos os estragos causados pela chuva, está sendo possível este benefício à população. Encaminhamos documentos ao Governo Estadual, que homologou a Situação de Emergência e, então, foi possível que o pedido do município junto ao Governo Federal tramitasse. Para isso, foi preenchido um formulário minucioso com mapeamento das ruas e bairros assolados, comprovando em dados, imagens e repercussão na mídia da situação enfrentada pela cidade na época", disse.

As pessoas interessadas no saque do FGTS devem primeiramente conferir se suas residências estão na listagem dos bairros atingidos, e após comparecer a Secretaria de Defesa Civil, localizada na Rua Baster Pilar, S/N, munidas com os seguintes documentos: documento de identidade oficial com foto, comprovante de residência (com data de emissão entre dezembro de 2015 e março de 2016), carteira de trabalho e o número do PIS.

Confira os bairros: Areal, Bananeiras, Ponte dos Leites, Barbudo, Boa Perna, Buraco do Pau, Centro, Clube dos Engenheiros, Coqueiral, Engenho Grande, Fazendinha, Hawaí, Praia do Hospício, XV de Novembro, Iguabinha, Jardim São Paulo, Parque Mataruna, Morro Grande, Outeiro, Parati, Parque Hotel, Praça da Bandeira, Praia Seca, Rio do Limão, Três Vendas, Viaduto, Vila Canaã, Vila Capri, São Vicente de Paulo, Boa Vista, Morro Grande.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes Dupla vascaína
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Alvo humano