Atividade gastronômica estimula a indústria do turismo em Macaé

Por em 24/03/2016 17h48

Bastante conhecida por ser a capital do petróleo, Macaé hoje, busca na indústria do turismo a superação para a crise econômica. A cidade que possui um extenso litoral, formado por oito praias, também conta com uma vasta cadeia de restaurantes, que estimula cada vez mais o turismo gastronômico.


O segmento ‘gourmet’ tem atraído visitantes e fomentado a economia da cidade, se tornando um dos principais atributos de Macaé. A pluralidade de sabores oferecida agrada os diferentes paladares e dá notoriedade para o setor, que está em ampla expansão, despertando o interesse de empresários e investidores.


Segundo José Francisco Lopes, diretor do Departamento de Estudos e Pesquisas do Ministério do Turismo, a diversidade e ampliação do setor é qualitativamente importante, porque tanto o turista, quanto o morador ganham mais opções, e assim a gastronomia gerar valores para o segmento turístico.


E, para reforçar este time o famoso restaurante Picanha da Praia, que já tem endereço fixo em Rio das Ostras e Casimiro de Abreu, inaugura no dia 01 de abril, sua filial em Macaé. Que em um ambiente de decoração moderna, terá o Chef Alisson Barbosa que passou por restaurantes em Portugal e na Espanha, e a Chef Joieli Carvalho Santos, que comandou a cozinha do antigo restaurante Boom, preparando receitas brasileiras com toques contemporâneos.


De acordo com Júnior Machado, sócio proprietário, a escolha de abrir uma filial em Macaé, veio devido ao grande potencial do município para o turismo gastronômico. “Fizemos algumas pesquisas e vimos que poderíamos somar a este segmento que vem crescendo, vamos manter a qualidade dos nossos pratos, e trazer um diferencial”.


A aposta desta casa, será o rodízio de carnes nobres e exóticas, à noite, e um buffet variado no almoço. Para atrair o público haverá ainda festivais temáticos. Esta variedade de sabores e crescimento do setor vem sendo acompanhado de perto pelos macaenses que estão cada vez mais em busca de novos lugares e boa culinária para apreciar.


“Estamos a vendo este desenvolvimento, e é muito bom poder morar em uma cidade que oferece uma gastronomia de qualidade, assim não precisamos sair daqui para comer bem”, disse a moradora, Maria Angela Fonseca.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Violência desenfreada