Atleta cabo-friense vai disputar competição nas Cordilheiras dos Andes

Natália Hofmann, de 37 anos, representa cidade em prova Sul-Americana

Por em 01/12/2017 10h19
A cabo-friense Natália Hofmann tem um desafio imponente neste sábado (2), na prova Andes Trail Train, na Cordilheira dos Andes, no Chile, onde estará representando a cidade e todas as mulheres brasileiras, já que é a única que vai disputar a competição Sul-Americana.
 
A prova tem percurso de 26km com elevadas altitudes. Inicia a 1.600 metros de altura e chega a 2.800m. O trajeto da corrida é bem técnico, com pedras, túneis, estrada de terra batida, sendo bem desafiador para os atletas que vão participar. Para se sair bem na corrida a atleta de 37 anos vem se preparando há bastante tempo.
 
“Essa é uma prova que eu tenho uma expectativa muito boa porque fiz um treinamento de dois meses exclusivo para essa corrida. Apesar de ser um percurso bem técnico eu me sinto preparada para enfrentar os obstáculos da prova. Já me sinto vitoriosa em ser a única brasileira, e principalmente cabo-friense, competindo nas Andes Trail Train”, disse a atleta.
 
Natália é profissional de educação física e pratica esporte desde a adolescência, começando pelo vôlei, quando competia pela Associação Atlética Cabofriense. Participa de corridas há sete anos e nos últimos dois se dedica às competições de longa distância, com provas acima de 21km.
 
Neste ano participou da sua primeira Ultramaratona, de seis horas, com 60km percorridos, e terminou na segunda colocação. Foi medalha de prata na Meia Maratona de Niterói, terceiro lugar na Maratona de Ubatuba, com trilhas e 28 praias, terminando também em terceiro na sua faixa etária, entre as 10 no geral. Disputou ainda o Desafio dos Vagões, de 36km, entre Teresópolis a Itaipava e terminou como vice-campeã, além do XTerra Costa Verde, do Circuito Internacional da Modalidade Trail Run e foi medalha de Prata na sua faixa etária. Na Maratona de Buenos Aires ficou entre as mil primeiras colocadas em total de 13 mil inscritos.
 
“Queria desejar sorte à nossa atleta Natália Hofmann, por representar não só as mulheres mas todos nós, cabo-frienses, nessa corrida tão importante no cenário Sul-Americano. Que possa conquistar mais uma medalha pra nossa cidade. É, sem dúvidas, mais um talento de Cabo Frio brilhando no esporte” – comentou o Secretário de Esportes, Átila Motta.



Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Infarto - Editorial JS