Aumento do efetivo e condições de trabalho dos policiais em pauta na audiência de Casimiro de Abreu

Ppedido foi feito à presidente da Comissão de Assuntos Municipais e Desenvolvimento Regional da Alerj, deputada estadual Marcia Jeovani

Por Redação JS em 28/11/2017 10h51
Uma audiência pública para discutir a Segurança Pública em Casimiro de Abreu foi realizada na última segunda-feira (27), na Câmara de Vereadores do município. O pedido foi feito à presidente da Comissão de Assuntos Municipais e Desenvolvimento Regional da Alerj, deputada estadual Marcia Jeovani (DEM), através do Conselho Comunitário de Segurança. 
 
Durante o encontro os representantes da sociedade civil organizada, policiais e autoridades discutiram os maiores desafios na área de segurança e deram sugestões para o combate à criminalidade de forma mais eficiente. Dentre as principais ações solicitadas estão o aumento do efetivo policial, as melhores condições das viaturas e estrutura de trabalho, assim como os investimentos em treinamento para a integração com as Guardas Civis Municipais. 
 
A presidente da Comissão de Segurança Pública e Assuntos de Polícia da Alerj, deputada estadual Marta Rocha (PDT) lembrou dos esforços da deputada Marcia Jeovani para alocar os policiais nos batalhões de origem, já que é uma forma de amenizar as adversidades pelas quais os policiais do Estado têm passado.
 
Já a deputada estadual Marcia Jeovani, autora do projeto de lei que autoriza o governo estadual a firmar parcerias de cooperação técnicas com as Guardas Civis do Estado, destacou a importância da educação em tempo integral. Segundo a parlamentar, que é educadora por formação, a educação com a participação da família é o caminho para que haja uma redução, em médio prazo, da criminalidade que assola o Estado e o Brasil. 
 
Hoje, o município de Casimiro de Abreu conta com um efetivo de 17 policiais por dia, sendo 70 policiais, em sua totalidade, para atender as demandas da segurança pública na localidade. “Vamos reforçar com o governo estadual não só a necessidade emergencial de se rever a manutenção das viaturas, como também a estrutura de todo o efetivo policial da cidade”, assegurou Marcia Jeovani. 
 
Participaram da audiência pública: o inspetor da polícia civil, Celso Alves, representando a delegada Juliana Rattes; o delegado Geraldo Rangel da 134° DP, representando Daniel Bandeira, diretor do 6° DPA (Departamento de Policiamento de Área); o presidente da Câmara de Casimiro de Abreu, vereador Rafael Jardim; o comandante da 4° Cia, Tenente Rocha Pereira; o major Hudson, representando o comandante Marco Aurélio Vollmer da 32° BPM de Macaé; o secretário municipal de Segurança, Capitão José Luiz de Souza Santos; e a secretária municipal de Educação, Nicia Maria de Araújo. 
 
A grande interação social registrada nessa audiência servirá como fundamento para ações efetivas das parlamentares, no sentido de cobrar e indicar ao Governo do Estado formas de trabalho mais assertivas no combate à violência. 
 




Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Feminicídio - Editorial JS