Biólogo Carlos Simas fala sobre o Zika Vírus

O Ministério da Saúde divulgou que até último dia 20 de novembro,1.248 bebês nasceram no país com microcefalia

Por Jamyne Sant'Anna - Rádio Litoral FM em 07/12/2015 09h42

O programa “Bom Dia Litoral”, da Rádio Litoral FM, entrevistou na manhã de hoje (07), o biólogo Carlos Simas, especialista em vetores. 


Ele falou sobre a relação dos Zika Vírus com os casos de microcefalia registrados no país.

 

O Ministério da Saúde divulgou que até último dia 20 de novembro,1.248 bebês nasceram no país com microcefalia, uma malformação congênita que pode matar ou deixar graves sequelas de desenvolvimento. O órgão confirmou que os casos têm relação com a infecção de zika vírus.

 

De acordo com o biólogo, a melhor forma de evitar a doença é a prevenção. “Como até o momento o grande suspeito de causar o problema é o zika vírus, o ideal é evitar a propagação do Aedes aegypti, mosquito que também transmite quatro tipos de dengue e o chikungunya, uma doença que ataca as articulações e provoca dores bastante intensas. O mosquito se prolifera em água limpa parada, por isso é importante evitar que ela se acumule em pneus, vasos de plantas e qualquer outro recipiente aberto. Para evitar picadas, use repelentes e telas nas janelas e portas.” – finalizou, Carlos Simas.

 

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Violência desenfreada