Cabo frio recebe festival das escolas da coca-cola na próxima terça-feira

A Coca-Cola Brasil vai indicar mais de 500 estudantes, participantes do Festival das Escolas 2015, para o Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016, como condutores da Chama Olímpica.

Por Ascom Cabo Frio em 06/11/2015 07h40
A Coca-Cola Brasil vai indicar mais de 500 estudantes, participantes do Festival das Escolas 2015, para o Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016, como condutores da Chama Olímpica. O projeto que vem incentivando a vida ativa para mais de 1,3 mil escolas e cerca de 700 mil alunos de todo país, terá seu ápice nos meses de outubro e novembro, com eventos de celebração em mais de 30 cidades do território nacional. No próximo dia 10 (terça-feira), às 10h30 da manhã, será a vez de Cabo Frio, que sedia o festival no ginásio Aracy Machado, em mais um evento que está presente no calendário dos festejos dos 400 anos da cidade.

Será o momento dos jovens indicados como condutores da Tocha Olímpica Rio 2016 serem apresentados e festejados junto aos colegas e professores, e suas respectivas escolas protagonizarem demonstrações de dança e muito movimento criadas pelos próprios participantes. Vinte instituições de toda a Região dos Lagos selecionadas anteriormente pela própria Coca-Cola marcarão presença no festival. 

Vida Ativa nas Escolas

Contagiada pelo clima dos Jogos Olímpicos Rio 2016 e do Revezamento da Tocha Olímpica, que cruzará todo o país no ano que vem, a Coca-Cola Brasil expandiu esse que é mais um dos seus projetos de Vida Ativa, em um evento nacional. Com o intuito de aproximar alunos, pais e a comunidade local de atividades físicas divertidas e pedagógicas, além de promover o desenvolvimento e a integração, desde maio, alunos do 8º e 9º anos do Ensino Fundamental e de todo o Ensino Médio, de escolas públicas e privadas de todo país, foram incentivados a se movimentar e entrar no clima dos Jogos Olímpicos Rio 2016, com dinâmicas envolvendo artes, esportes e cultura.

O resultado de todo esse esforço será visto nos próximos meses, de outubro até final de novembro, quando diversas cidades do Brasil receberão os eventos de celebração. Será o momento das mais de 500 escolas finalistas do Festival mostrarem nos palcos de suas respectivas cidades, como espalham a felicidade através do movimento.  

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes Dupla vascaína
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Alvo humano