Casa da Flor de São Pedro da Aldeia vai se tornar patrimônio nacional

Espaço será tombado pelo Iphan em cerimônia na quinta-feira, dia 15

Por em 13/09/2016 19h16
A Casa da Flor, um dos principais patrimônios artísticos de São Pedro da Aldeia, será tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). 

A cerimônia será realizada na quinta-feira, dia 15, na sede do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, em Brasília. A presidente do Instituto Casa da Flor, Amélia Zaluar, estará presente no evento.
A obra foi construída entre 1912 e 1985 por Gabriel Joaquim dos Santos. Após um sonho, ele passou a adicionar cacos, pedrinhas e outros objetos descartados, formando flores e mosaicos. O trabalho é comparado ao do arquiteto catalão Antoni Gaudi, de Barcelona, na Espanha.

"A Casa da Flor não se explica apenas pela importância plástica, mas pela complexa relação interpretativa do autor, suas heranças culturais e vivências regionais, resultando na sua força criativa”, disse o chefe do Escritório da Região dos Lagos e assessor especial da Secretaria de Turismo, Cultura e Lazer do município, Geraldo Ferreira.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes Dupla vascaína
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Alvo humano