Centro de Atendimento ao Trabalhador anuncia vagas de emprego para multimercado

As oportunidades abrangem mais de 20 funções diferentes, entre elas operador de caixa, estoquista e almoxarife.

Por Redação JS em 20/09/2016 10h29

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Agricultura, Abastecimento, Trabalho e Renda, disponibiliza aproximadamente 240 vagas de emprego pelo Banco de Oportunidades da cidade, ofertadas pelo multimercado Costazul. As oportunidades abrangem mais de 20 funções diferentes, entre elas operador de caixa, estoquista e almoxarife. Os interessados podem se candidatar às vagas no Centro de Atendimento ao Trabalhador (CAT), com currículo e carteira profissional, pelo e-mail sagat.spa@gmail.com ou pelo sitewww.elloselecao.com.br. As entrevistas começam nesta segunda-feira (19). O CAT aldeense está localizado na Praia do Centro, ao lado da Defesa Civil.


Secretário de Agricultura, Abastecimento, Trabalho e Renda, Dimas Tadeu, falou sobre o processo. “A Prefeitura de São Pedro da Aldeia é responsável pela intermediação na questão de contatar os profissionais que já estão cadastrados no nosso Banco de Dados e aqueles que estão chegando para essas vagas específicas. O processo seletivo é de responsabilidade da empresa Ello Seleção e a previsão é de que as entrevistas sejam feitas até o dia 30 de setembro”, explicou. 


As obras do multimercado Costazul estão em fase final. O empreendimento conta com aproximadamente 8 milm² de área construída e está localizado no bairro Nova São Pedro, às margens da Rodovia RJ-140. Uma das principais metas da atual gestão é incentivar a chegada de novas empresas, criando mercados de trabalho e aumentando a arrecadação municipal. Desde o início do governo, diversos empreendimentos inéditos foram inaugurados em São Pedro da Aldeia e mais de 1500 empregos foram gerados. 

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Corrupção sem fim!