Cerca de 600 servidores da Prefeitura de São Pedro da Aldeia participam de capacitação intersetorial

Os integrantes se revezaram para ministrar os três dias de capacitação.

Por Redação JS em 01/09/2016 15h50

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia realizou nesta terça (30), quarta (31) e quinta-feira (01) uma capacitação intersetorial sobre “Protocolo de Atendimento a usuários de crack, álcool e outras drogas” voltado a crianças e adolescentes. Cerca de 600 profissionais das Secretarias de Assistência Social e Direitos Humanos, de Saúde e de Educação passaram pela capacitação realizada no Centro de Formação Continuada Prof.ª Ismênia Trindade dos Santos, no bairro Nova São Pedro. 


De acordo com a Promotora de Justiça da Infância e Juventude de São Pedro da Aldeia, Luciana Pereira, um comitê gestor com representantes das três Secretarias envolvidas foi criado para discutir a política de atendimento a jovens usuários de álcool e drogas no município. “Temos algumas ações para desenvolver, mas a principal delas é como atender e ampliar a porta de entrada desse cuidado. Nós precisamos trabalhar a intervenção precoce e cada um desses profissionais, em suas ações cotidianas, pode identificar um usuário em potencial. Por esse motivo, esse comitê criou um fluxo de atendimento em rede de modo que cada servidor saiba como agir e quem procurar”, explicou.


Após um acordo com o Ministério Público (MP) para traçar metas e ações para o combate de uso e abuso de álcool e drogas com crianças e adolescentes no município, um comitê gestor foi instituído em decreto. Formaram o comitê três profissionais da Secretaria de Saúde, dois da Educação e dois servidores da Assistência Social, de acordo com o cargo que ocupavam. Os integrantes se revezaram para ministrar os três dias de capacitação.


Assessora técnica da Secretaria de Educação, Patrícia Lima destacou a criação de fluxogramas de atendimento. “Os secretários das três pastas assinaram um acordo com o MP e uma das ações era criar um fluxograma de atendimento a essa faixa etária, onde cada rede pudesse criar seu próprio fluxo e que conversassem entre si. Estamos capacitando essas três redes coletivamente e com mescla de profissionais, para que elas possam interagir entre si e compartilhar como funciona o trabalho em cada porta de entrada. Queremos capacitar esses profissionais para que os fluxogramas possam ser utilizados com competência no atendimento a crianças e adolescentes”, garantiu.


O conteúdo da capacitação foi repassado a grupos intersetoriais distintos durante os cinco períodos de evento. Da Secretaria de Educação, participaram diretores, inspetores escolares, supervisores e orientadores pedagógicos. A rede de Saúde reuniu coordenadores da Atenção Básica, Atenção Especializada e Saúde Mental. Já a Assistência Social envolveu os técnicos e coordenadores dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS).


A diretora do Programa Municipal de Saúde Mental, Rosemary Calazans Cypriano, falou sobre o objetivo e a importância do trabalho intersetorial. “Nós queremos ampliar, cada vez mais, o cuidado já existente. Conseguimos construir três fluxogramas que vão se interagir o tempo todo. Dessa forma, cobrimos as três Secretarias que mais recebem o impacto desse cuidado a crianças e adolescentes. Esse é o resultado de um longo percurso e o início de um trabalho mais sistematizado”, declarou.


Na ocasião, foram exibidos vídeos acerca do tema, apresentação sobre o funcionamento dos CRAS e CREAS, esclarecimento de dúvidas e compartilhamento de cases para discussão, além da apresentação dos fluxogramas. O comitê gestor do trabalho também foi formado pela subsecretária de Atenção Básica, Francislene Casemiro, coordenadora do Ambulatório de Saúde Mental, Marcela Freire, coordenadora do CRAS Balneário, Isabel Belizário, coordenadora do CREAS, Melissa Santos, e pelo coordenador de Educação Inclusiva, Diogo de Souza.


*Foto: Jefferson Viana

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes Dupla vascaína
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Alvo humano