Com promessa de novidades para 2018, em Cabo Frio, “Caminhos da História” encerra atividades do ano

Projeto fez sucesso e vai ser retomado em fevereiro

Por em 18/12/2017 10h42
Na manhã deste sábado (16) aconteceu a última caminhada do Projeto “Caminhos da História”. O grupo percorreu alguns pontos turísticos da cidade e aprendeu um pouco mais da história local. A ação é uma parceria entre a Secretaria de Cultura de Cabo Frio e a Universidade Estácio de Sá.

O passeio foi guiado pelo historiador e monitor do Núcleo de Prática e Pesquisa em História da Universidade Estácio de Sá, Daniel Henrique, acompanhado das alunas do 4º período do Curso de História da instituição, Juliana Esteves e Marianna Tobias. 

“Caminhos da História é um projeto que deu muito certo. Estamos muito felizes por concluir as atividades deste ano com um grupo tão animado e sedento por conhecer a história dos equipamentos culturais de Cabo Frio”, destacou Daniel.

Os participantes percorreram os seguintes pontos: Morro da Guia, interior do Convento, Fonte do Itajuru, Rua Érico Coelho (incluindo o Palácio das Águias), Praça D. Pedro II,  Solar dos Massa, Praça Porto Rocha, Igreja Matriz histórica de Nossa Senhora da Assunção, Charitas, Câmara Municipal, Largo São Benedito e Praia do Forte.

Devido ao sucesso, o projeto ganhará novos rumos em 2018.  De acordo com a organização, além deste roteiro, outras possibilidades estão sendo avaliadas para o ano quem. Isso porque desde que foi criado, em junho deste ano, o "Caminhos da História" vem ganhando mais público e alcançando o objetivo de envolver os participantes. O passeio é gratuito e não é necessária a inscrição prévia.

Ainda segundo a organização, o retorno das atividades está previsto para fevereiro. O dia e horário serão informações do site da Prefeitura (www.cabofrio.rj.gov.br) e nas mídias sociais do município.



Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política