Combinação Fatal

Por em 20/10/2015 14h15

          É raro não ouvirmos notícias de acidentes de trânsito com vítimas fatais envolvendo o uso de álcool. O consumo de álcool entre os mais diversos condutores ainda em quantidades irrelevantes aumenta consideravelmente o perigo de acidentes.

          A melhor forma de prevenir é se informar. Os efeitos do álcool na corrente sanguínea provocam a deterioração de funções indispensáveis como a visão e os reflexos, diminuindo a capacidade de discernimento e reação aos obstáculos. O consumo do álcool também provoca o efeito de “encorajamento”, isto é, motiva a comportamentos de alto risco, onde o motorista tem atitudes que colocam sua vida e a de outros em risco.

          O efeito da substância em nosso corpo é duradouro.  Em média, o álcool é metabolizado a uma velocidade de 0,15 gramas por litro por hora, por exemplo, um copo de chopp (0,2g/I) leva cerca de uma hora e meia para ser totalmente eliminada. Alguns acreditam que parar de beber ou tomar um copo de café podem torná-los aptos a dirigir com segurança, mas a verdade que o álcool continua a afetar o cérebro prejudicando a coordenação.

          Bebida e direção não combinam, esta combinação é perigosa e fatal para qualquer quantidade de álcool consumida. Portanto nunca esqueça: se beber não dirija.



Vilma Matos

vilmalua@yahoo.com.br 

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Famílias destruídas