Consórcio Ambiental festeja 16 anos em tarde de emoções em São Pedro

Cláudio Chumbinho e a secretária executiva, Adriana Saad, receberam os convidados dos municípios vizinhos

Por Ascom São Pedro em 16/12/2015 07h52

O Consórcio Intermunicipal Ambiental Lagos São João (CIALSJ) festejou seus 16 anos no Teatro Municipal Átila Soares da Costa em tarde onde não faltaram momentos emocionantes e lembranças de um tempo onde a questão da Lagoa de Araruama parecia não ter solução. O prefeito e presidente do Consórcio, Cláudio Chumbinho e a secretária executiva, Adriana Saad, receberam os convidados dos municípios vizinhos, do Inea, do Governo do Estado, além do deputado estadual Jânio Mendes e da assessoria da deputada estadual, Márcia Jeovani, além dos secretários municipais Edmilson Bittencourt, de Governo, Desenvolvimento Econômico, Ordem Pública e Esportes e Vilmar Mureb, de Urbanismo e Ambiente e das concessionárias Prolagos e águas de Juturnaíba. Durante o evento, Chumbinho assinou o termo de posse para que o Consórcio passe a utilizar uma sala no Horto Escola Municipal como nova sede.


Durante o evento, foi lembrado que São Pedro da Aldeia é o único município da Região dos Lagos a investir o ICMS Verde, no meio ambiente, com a construção do cinturão de proteção à Lagoa de Araruama. Os Comitês de Bacia do CIALSJ fizeram também moção de solidariedade ao Comitê da Bacia do Rio Doce.

 

O prefeito Cláudio Chumbinho comentou o sucesso do Consórcio e creditou aos ‘guerreiros’ que seguram a bandeira do meio ambiente na Região dos Lagos.

 

“Ouvi alguns discursos aqui falando sobre Cláudio Chumbinho e o que posso dizer que sou apenas um instrumento articulador político do Consórcio. Quem elabora as políticas são vocês” afirmou.


A secretária executiva do Consórcio, Adriana Saad, bastante emocionada, falou sobre o momento recente em que assumiu a função

 

“Esse consórcio mostra que os avanços são possíveis com nossa união. Estamos num momento de crise, mas ela vão passar e vamos avançar” disse.


O deputado estadual Jânio Mendes lembrou o momento da fundação do Consórcio, quando todos pensavam que não havia mais solução para a lagoa.

 

“Há 16 anos atrás sentamos para pensar o assunto e dizíamos : “não tem jeito”. Hoje podemos afirmar que com todas as conquistas : “tem jeito” “ afirmou.


O primeiro secretário executivo do Consórcio, Luis Firmino, recordou os momentos da sua criação.

 

“A lagoa era um tapete verde de algas, os pescadores desesperados com o sumiço dos peixes. Hoje temos outra realidade, porém sabemos que há muito ainda o que ser feito “ afirmou. 

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Violência desenfreada