Contas da Prefeitura de Cabo Frio são bloqueadas novamente, desta vez pelo Sindicaf

Após derrubar a liminar do Sepe Lagos (Sindicato dos Professores), Sindicaf consegue bloqueio das contas da Prefeitura

Por Redação JS em 14/07/2016 07h52

Após o Prefeito de Cabo Frio, Alair Corrêa (PP), comemorar o desbloqueio das contas da Prefeitura de Cabo Frio depois de uma ação provida pelo Sindicato dos Profissionais da Educação (Sepe Lagos), a Prefeitura foi informada que o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Cabo Frio (Sindicaf), conseguiu uma limiar no com arresto para garantir os salários dos servidores das administrações direstas e indiretas.


A decisão da Juíza Sheila Draxler Pereira de Souza determinou a expedição de mandado de arresto, R$46.416.715,43 deverão ser bloqueadas na conta da prefeitura, na Agência do Banco Brasil.


“Caso não haja saldo suficiente, deverá proceder ao arresto nas demais contas do município, eis que se trata de verba alimentar, ressalvadas as contas eventualmente destinadas à manutenção de serviços essenciais”, sentenciou a magistrada.


A juíza determinou também a intimação do Secretário de Fazenda, Axiles Corrêa, irmão do prefeito, e da presidente do IBASCAF, Reuza Maria Soares, para que encaminhem ao Banco do Brasil as informações dos créditos bancários relativos à folha de pagamentos dos meses de maio de junho, “excluídos os da Educação, aposentados, inativos e pensionistas”.


O processo tramita na 1ª Vara Cível de Cabo Frio desde o dia 08 de março de 2016 com o nº 0003241-85.2016.8.19.0011.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Deus está no controle