Creche Municipal Zenith Moreira da Silva em Iguaba Grande preparou I Tarde de Autógrafos

Alunos autografaram os livros com suas marcas de digitais

Por Ascom Iguaba em 15/12/2015 16h04

O encanto tomou conta da Creche Municipal Zenith Moreira da Silva nesta última sexta, dia 11, que para fechar com chave de ouro as atividades referentes ao semestre a equipe escolar preparou a “I Tarde de Autógrafos” onde os aluninhos deixavam suas digitais nos seis livrinhos com trabalhos de cada classe realizados através do Projeto “Fala Criança! Uma prática em busca do desenvolvimento da oralidade”. O evento contou com a presença dos pais e responsáveis, e de autoridades locais.


Cada livrinho tinha a composição de tarefas temáticas que foram realizadas durante o ano, temas como “Fala Vovó”, “Esse é o meu papai”, “Ciranda, cirandinha, de folclore vou falar”, “Horta, vamos todos cuidar”, “É tempo de falar das flores”, “Ser criança é ser feliz”, “Piu, piu! Miau! Au, au! É a fala do animal” e “Grandes obras, pequenos artistas”, tinham como objetivo desenvolver habilidades nos alunos e também integrar a comunidade escolar no cotidiano da Creche.


“Todas as atividades sempre foram realizadas com muito carinho, nós percebemos pelo jeito que nossos filhos são tratados. Aqui, é como se fosse outra família que eles têm e nós como país não temos como não ficarmos satisfeitos com esse amor, posso dizer que além de tudo, eles recebem educação na base do amor”, declarou Maria Isabel Teixeira.


“Nosso município se empenha sempre e se preocupa com uma Educação de qualidade, pois sabemos que é através dela que conseguiremos alcançar um mundo melhor, e começar um trabalho como esse nos pequeninos é essencial, pois é aqui, no ambiente escolar, onde conseguiremos passar os valores que eles certamente levarão para o resto de suas vidas”, afirmou a Secretária de Educação e Cultura Sheila Atalla.


“Esse evento é o grande resultado daquilo que viemos trabalhando durante o semestre, os livrinhos contém fotos e falas dos nossos alunos e essa idéia foi justamente para abrirmos os nossos portões e apresentarmos para toda a comunidade escolar as nossas realizações, além de fazer com que se crie uma aproximação maior com o cotidiano da nossa Creche”, ressaltou a Orientadora Educacional Renata Pires.


“Eu participei de algumas dessas atividades que estão registradas no livro e para mim foi uma experiência muito importante, pois senti o quanto meu filho ficou feliz ao ver a minha presença em sua escola, participando junto com ele de algumas tarefas”, destacou João Gabriel da Silva, pai do aluno, Renato da Silva.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes Dupla vascaína
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Alvo humano