Criança não resiste e morre antes de ser transferida para CTI

O pequeno João Gabriel, de 1 ano e 6 meses, que estava internado no Hospital da Criança, em Cabo Frio, não resistiu às complicações de uma Dengue Hemorragia

Por Redação JS em 18/05/2016 17h55

O pequeno João Gabriel, de 1 ano e 6 meses, que estava internado no Hospital da Criança, em Cabo Frio, não resistiu às complicações de uma Dengue Hemorragia e faleceu na tarde desta quarta-feira (18).

Na manhã de hoje, o Portal JS contou a dificuldade que Carlos Eduardo, pai do João, vinha passando para conseguir transferir seu filho para uma CTI. Segundo informações, pela manha no Hospital da Criança não havia ambulância para levar o menino até Hospital Pedro Ernesto, no Rio. Para piorar, por volta das 5 da manhã, faltou energia e como o gerador não estava funcionando, a unidade ficou toda apagada.



Em declaração nesta manhã, no Programa Bom Dia Litoral, Carlos afirmou que a situação de seu filho era delicada e precisava urgentemente de uma transferência para um Centro de Tratamento e Terapia Intensiva (CTI), para fazer hemodiálise, já que estava com falta de potássio no sangue. “Se não conseguir essa transferência, ele pode não terminar o dia com vida”, disse o pai pela manhã. O menino deu entrada no Hospital na terça-feira (17).



Infelizmente o pior aconteceu e por volta de 13:30h João Gabriel veio a falecer. No laudo médico, a causa da morte é Dengue Hemorrágica e Insuficiência dos Órgãos. “Infelizmente meu filho se foi, a equipe médica atendeu muito bem com o que tinha. Tudo aconteceu muito rápido. O que faltou foi estrutura. Espero que isso sirva de exemplo para que nenhum pai ou mãe passe por isso de novo”, disse Carlos Eduardo, pai da criança.



O enterro será nesta quinta-feira (19), às 11 horas, em Magé, cidade da família.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Violência desenfreada