CRISE? Córrego Rico leva mais R$ 2 milhões em locação de veículos

Os valores, considerados altos e questionados na Justiça pelo vereador Aquiles Barreto

Por Redação JS* em 07/04/2016 13h16

A Córrego Rico Transporte e Construção Ltda, com sede em São Pedro da Aldeia e que tem a locação de veículos – caminhões, automóveis de passeio, retroescavadeiras e tratores – como o principal serviço prestado à Prefeitura de Cabo Frio, é uma das poucas empresas que recebem com regularidade pelos serviços prestados. Só em março, de acordo com dados lançados no portal da transparência, a Córrego Rico ficou com R$ 2.004.683,89 das receitas da municipalidade (tabela abaixo).

 

Ainda de acordo com informações oficiais, o total repassado à Córrego Rico em 2016 chega a R$ 3.589.531,27, também para locação de equipamentos. No dia 4 de fevereiro, foi efetuado pagamento no total de R$ 1.390.110,31; no dia 18 de março, a Prefeitura repassou à empresa R$ 808.477,00; já no dia 30, foram R$ 1.066.896,55. 

 

Entre 2014 e 2016, a Córrego Rico recebeu da Prefeitura de Cabo Frio o total de R$ 38.768.678,65 em diferentes contratos de locação de veículos, sendo que o mais robusto é o de número 12.964/2014, que representa R$ 18.399.810,37 (47,4%) do universo pago à empresa. A Córrego Rico também loca equipamentos para a Companhia de Serviços de Cabo Frio (COMSERCAF), sendo que a autarquia não divulga os valores no portal da transparência.


Os valores, considerados altos e questionados na Justiça pelo vereador Aquiles Barreto (SD), também desperta a atenção de servidores públicos, que por meses consecutivos recebem depois do quinto dia útil e na última semana ficaram sem a quarta parcela do terceiro salário.

- Essa questão da Córrego Rico desperta a atenção exatamente pelos valores e agora especialmente, nesta fase crítica da economia local, tem sido uma das poucas empresas a receber religiosamente em dia pelos serviços prestados. Não somos contra o pagamento, mas, se consideramos que o salário do servidor não é pago em dia, que o IBASCAF não está agendando consultas médicas e que garantias trabalhistas estão sendo suprimidas por conta da crise, a primeira sensação que temos é a de estranhamento. O prefeito deve essa explicação à sociedade. Nós já ingressamos na Justiça e estamos aguardando a cópia dos contratos, os extratos de pagamento e documentos que comprovem a relação da Prefeitura com a empresa. Mas o prefeito, apesar da decisão judicial, não entrega o material, comentou Aquiles Barreto.

 

A professora Denize Alvarenga, diretora da secretaria de Assuntos Jurídicos do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe Lagos), se mostra surpresa com a divulgação dos pagamentos milionários à Córrego Rico e diz que é muito fácil entender qual a prioridade estabelecida pelo governo, que prioriza máquinas em detrimento de vidas humanas.

 

- Ao ter acesso as despesas e pagamentos efetuados pela Prefeitura de Cabo Frio, sou tomada por vários sentimentos. Como professora de Língua Portuguesa, não consigo compreender tantos números no orçamento municipal, mas como cidadã, militante e conselheira de Conselhos de Controle e acompanhamento das verbas públicas da Educação, minha reação é de perplexidade! Estamos com a parcela do 13º e nossos salários (nossa subsistência!) atrasados e com os repasses de manutenção e merenda escolar (além de parcelados) também atrasados. Em contrapartida, a "crise" parece não atingir a todos. Inacreditavelmente, empreiteiras que atuam na locação de veículos tiveram seus pagamentos efetuados na ordem de mais de 2 milhões de reais, apenas no mês de março. É muito fácil entender qual a prioridade estabelecida pelo governo; difícil é explicar às inúmeras famílias de servidores municipais da Saúde e da Educação como máquinas podem ser mais importantes que vidas, desabafou Denize Alvarenga.




*Matéria Alessandro Teixeira.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Outubro Rosa