Defeso da Lagoa de Araruama

A pesca é proibida para qualquer pessoa, inclusive os turistas que visitarem a região neste período

Por em 04/08/2016 07h49

Na segunda (01), foi iniciado o período de defeso da Lagoa de Araruama. Durante três meses está proibido qualquer tipo de pesca, comercialização, transporte e consumo de peixes nativos da Lagoa. O objetivo é garantir a reprodução adequada e o crescimento das espécies.


A pesca é proibida para qualquer pessoa, inclusive os turistas que visitarem a região neste período. Todas as espécies, tanto camarão como a tainha e o pescado em geral presente na Lagoa de Araruama estão no Defeso, que termina no dia 31 de outubro de 2016. Este período é estabelecido de acordo com o tempo em que os peixes se reproduzem na natureza e visa a preservação das espécies.


O defeso é instituído pelo ministério da Pesca e Aquicultura em uma parceria com as prefeituras do entorno da Lagoa - Cabo Frio, Arraial do Cabo, Araruama, Iguaba Grande e São Pedro da Aldeia e o CILSJ - Consórcio Intermunicipal Lagos São João.


A área será supervisionada, e quem for flagrado pescando durante o período de proibição, poderá ser condenado a pagar multa, além de ter o seu equipamento de pesca apreendido.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes Dupla vascaína
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Alvo humano