Elisângela Lobo: “Estamos todos unidos para fazer um grande governo para a nossa população”

Candidata a Prefeitura de São Pedro da Aldeia conta com o apoio de três ex-prefeitos e afirma ter experiência para governar a cidade

Por Redação JS em 08/09/2016 09h32
Na última quarta-feira, dia 07, a candidata a Prefeitura de São Pedro da Aldeia, Elisângela Lobo do PSB, concedeu uma entrevista para o Portal JS e Rádio Litoral FM. Nessa entrevista, a candidata fala sobre sua experiência com secretaria, primeira dama e seus projetos para a cidade. Confira:


Portal JS: Porque enfrentar essa empreitada como candidata a prefeita de São Pedro de Aldeia?
EL – Fui primeira dama durante oito anos, secretária de Ação Social durante seis anos e acompanhei de perto várias obras. Fizemos grandes escolas, adimplíamos e reformamos várias. Valorizávamos o profissional, construímos o Pronto-Socorro, Teatro Municipal, Quadra Poliesportiva, Polo Rural, Polo de Empresa. A Saúde funcionava, não faltavam médicos, não faltavam remédios, então eu sei que é possível sim fazer muito pela nossa cidade. Eu acompanhei isso de perto, confio no olhar diferenciado da mulher e, por isso, eu quero ser a prefeita nos 400 anos da nossa cidade e fazer o maior governo que ela já teve.

Portal JS: O que o seu Plano de Governo tem para a Saúde?
EL – Será a prioridade do nosso governo. Em primeiro lugar, vamos colocar a Saúde para funcionar. Não dá mais para deixar da forma que está. Tem pessoas dormindo na fila dos Postos de Saúde, indo às 22h com colchonete e cobertor para conseguir uma ficha. Isso é desumano e eu sei que dá para acabar com isso. Quero contratar médicos, quero colocar o nosso Pronto Socorro para funcionar de verdade. Não funciona, não se tem médico, não se tem uma luva para fazer preventivo, não tem fita para medir a glicose, então não pode continuar assim.  Queremos ampliar, reformar, humanizar o atendimento na Saúde. Quero reabrir a Policlínica do Centro que foi fechada, uma unidade tradicional, que funcionava há anos, que facilidade a vida dos nossos moradores do bairro. Eu quero colocar a Saúde no meu colo, como se fosse um filho, será a minha prioridade, cuidar do nosso povo.

Portal JS: E quanto a Educação?
EL – Educação tem que ser tratada com carinho, começando pelos nossos profissionais. Todo mundo passa pelas mãos de um professor e eu quero valorizar, ver, acompanhar de perto cada trabalho. Construir mais creches, quero construir pelo menos mais seis creches para atender a demanda. Sou mãe, sou mulher, temos que sair de casa para trabalhar e deixar nossos filhos em segurança. Quero também fiscalizar a qualidade da merenda, muitos dos nossos alunos saem de casa contando só com a refeição da escola. Por isso, ela tem que ser fresca e de qualidade e para isso só com fiscalização firme. Na nossa época, construímos grandes escolas, muito diferente desse governo de hoje que diz que construiu quatro, mas, na verdade, é mentira, foi só uma escola. Três escolas foram construídas no governo anterior, onde ele só teve o trabalho de estar inaugurando. Eu não estou aqui para enganar ninguém, tudo que nós colocarmos dentro do nosso Plano de Governo é viável, dentro da nossa realidade orçamentária. Isso que eu quero, falar a verdade, com transparência, voltado para o povo.

Portal JS: A senhora tem noção dos problemas todos da prefeitura? Da crise que o país está passando, sem ajuda do Governo Estadual e Federal, sobrecarregando a prefeitura?
EL – Sim, claro. Nós tivemos na prefeitura durante oito anos e não é muito bem assim não. O governo Federal, só nesse mandato, já investiu em nosso município mais de R$ 250 milhões, então temos recursos sim, basta saber buscar, trabalhar, ter uma equipe firme, boa e competente que vá buscar os recursos. Os recursos existem. A UPA de São Pedro da Aldeia é toda custeada pelo Governo do Estado, então, de certa forma, eles vêm ajudando sim. Nosso município nunca foi um lugar que viveu de royalties como outros da região. Sempre trabalhamos com recurso próprio, aumentando a arrecadação ao longo dos anos. Então, estou consciente, estarei montando uma equipe firme, de pessoas sérias, comprometidas com o município e com técnicos que queiram o melhor para a nossa São Pedro. E é isso que a gente vai fazer, eu tenho certeza que vai dar certo, porque eu sei que é possível. Já estive lá e eu sei que dá para fazer. 

Portal JS: A senhora tem hoje ao lado três grandes nomes: Carlindo Filho, Paulo Lobo e Iedio Rosa. Eles estarão junto com a senhora?
EL – Inclusive quero esclarecer aqui que o atual prefeito bate muito na questão do grupo de oposição dele que governaram 20 anos e eu acho que ele esqueceu que esses dois ex-prefeitos que deram  a eleição passada a ele. Estiveram juntos, lutaram, trabalharam, pediram voto para ele, como grande parte de pessoas que estão comigo. Ma ele abandonou todo mundo, deu as costas e os dois me procuraram não me pedindo nada. Só quiseram me dar o apoio na questão de achar que o município não merece mais quatro anos desse atual governo. Então mesmo que eu não quisesse o apoio, eles falaram que estariam me abraçando  e apoiando a minha candidatura. Falaram que eu era único nome que realmente iria trabalhar para a população. Experiência eles tem, eu tenho. Costumo dizer que tenho três ex-prefeitos ao meu lado me apoiando, então as nossas chances de erro são muito menores e de acertos muito maiores. Apoio é apoio, união é união, e é isso que importa. Estamos todos unidos por São Pedro para fazer um grande governo para a nossa população.

Portal JS: Qual o seu primeiro ato, caso eleita?
EL – Tem que ser dois. A cidade está largada. Vi a entrevista aqui do prefeito falando que os bairros estão arrumados e a Saúde está funcionando. Os bairros estão largados, a população está pisando em lama, não tem médico, não tem merenda de qualidade, os profissionais não estão sendo valorizados. Semana passada, durante dois dias o Pronto Socorro amanheceu fechado, porque os funcionários estão dois meses sem receber. Então, em primeiro lugar, é um choque de limpeza nos bairros, arrumar todos os bairros. Em segundo, colocar a Saúde para funcionar. 

Portal JS: A experiência que a senhora teve no governo de Paulo lobo já é suficiente para dar conta da prefeitura?
EL – Muito. Fui secretaria, gestora, fiz um grande trabalho para a população. Estive de perto, acompanhei a população, principalmente, a menos favorecida. A população era tratada com carinho. E é com esse amor, esse carinho, que pretendo ser a prefeita. Quero estar perto do povo, acompanhando, olhando nos olhos. 

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Famílias destruídas