Escolas Municipais de São Pedro da Aldeia participam da confecção de tapetes de sal

Trabalho de confecção terá início às 7h da manhã, desta quinta-feira, dia 15, próximo ao Largo da Matriz de São Pedro e ficarão expostos até hora da procissão religiosa

Por em 13/06/2017 10h10
A tradicional confecção de tapetes de sal em comemoração ao Corpus Christi, celebrado nesta quinta-feira, dia 15, contará mais uma vez com participação de todas as unidades escolares municipais de São Pedro da Aldeia. As escolas farão a confecção de 41 tapetes de sal e areia, usando a criatividade a cerca dos temas o Ano Mariano, a Eucaristia e os 400 anos de fundação da Igreja Matriz. O trabalho de confecção terá início às 7h da manhã, próximo ao Largo da Matriz de São Pedro e ficarão expostos até hora da procissão religiosa.

 De acordo com secretário de Educação, professor Walzi Sampaio, muito embora o tapete de sal seja da tradição católica, o evento se realiza no ato de crianças e adultos unirem-se em função de  tarefa que vai além da vida diária, do pequeno mundo rotineiro. “São gestos que apontam para um mistério, algo que veneramos e temos como referência para nossas alegrias e nossas tristezas. Neste sentido, a tradição é receptiva de todos os credos, bem vinda é toda gente, em função da nobreza e da beleza de voltar-nos para a busca de um sentido maior da existência”, afirmou.

A festa de Corpus Christi passou a integrar o calendário religioso no Brasil em 1961, quando uma pequena procissão saiu da Igreja de madeira de Santo Antônio e seguiu até a Igrejinha de Nossa Senhora de Fátima, em Brasília. A tradição de enfeitar as ruas surgiu em Ouro Preto, cidade histórica do interior de Minas Gerais.  A celebração de Corpus Christi consta de uma missa, procissão e adoração ao Santíssimo Sacramento. A confecção de tapetes de rua é uma manifestação de arte popular que tem como origem a comemoração do Corpus Christi.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Violência desenfreada