Estudante de Cabo Frio é selecionada em projeto do Mercosul

Parlamento Juvenil promove o diálogo sobre temas ligados à educação. Aluna no Colégio Estadual Miguel Couto está entre os mais bem pontuados.

Por G1.com em 20/09/2016 10h33

A estudante de Cabo Frio, Jéssica Cristina Martins da Cruz, do Colégio Estadual Miguel Couto, foi escolhida para a seleção final do Parlamento Juvenil do Mercosul (PJM), que promove o diálogo sobre temas ligados à educação. Ao todo, 13 projetos sobre protagonismo juvenil de alunos de todo o estado foram inscritos na pré-seleção e os três mais bem pontuados passaram para a próxima etapa.


Os alunos selecionados terão seus perfis e projetos divulgados em um portal criado pelo Ministério da Educação (MEC), que será responsável pela segunda etapa. Os trabalhos ficarão disponíveis para a consulta pública.


Eles passarão por um processo eleitoral, que acontecerá entre os dias 17 e 21 de outubro, no qual o público escolherá o melhor projeto. No Estado do Rio, o estudante Nathan de Souza Raimundo, do Ciep 323 - Maria Werneck de Castro, em Irajá, Zona Norte da capital, também foi selecionado.


O Parlamento Juvenil do Mercosul busca promover o protagonismo juvenil, abrindo espaço para diálogos e discussões sobre temas vinculados à educação, como inclusão educativa, participação cidadã, direitos humanos, diversidade de raça, etnia e gênero, integração regional e trabalho.

Durante este período, o estudante poderá promover sua candidatura por meio de vídeos e postagens em suas redes sociais, utilizando a hashtag #EleiçãoPJMBrasil2016.


O jovem eleito para representar seu estado e o Brasil no PJM tem mandato de dois anos e, durante esse período, participa ativamente do processo de elaboração e divulgação da Declaração do Parlamento Juvenil, documento produzido pelo coletivo do PJM, composto pelos parlamentares juvenis de todos os países-membros e associados.


Como surgiu o PJM
O projeto de protagonismo juvenil para estudantes do ensino médio surgiu dentro do setor educacional do Mercosul e em cada edição (2010, 2012 e 2014), foram selecionados 27 estudantes brasileiros.


Os jovens do PJM concentram as reflexões que fazem sobre cinco eixos temáticos: inclusão educativa, gênero, jovens e trabalho, participação cidadã dos jovens e direitos humanos.


Esses temas foram selecionados tendo em vista que se trata de direitos que são reconhecidos nos países, tanto em normativas nacionais específicas como em legislações internacionais às quais se sujeitam os estados que integram o projeto.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Violência desenfreada