Etapa em Cabo Frio define campeões do Circuito BB Challenger de Vôlei de Praia

O Challenger é composto por quatro etapas. Ele já havia passado por João Pessoa (PB), Jaboatão (PE), e Aracaju (SE)

Por em 04/08/2016 07h33
Durante três dias, Cabo Frio se tornou a capital do vôlei de praia do país, com a realização da quarta e última etapa do Circuito Banco do Brasil Challenger. No fim de semana, foram definidos os vencedores do circuito e nem mesmo o mau tempo afastou o torcedor da arena montada na Praia do Forte.

Três duplas tiveram motivos especiais para comemorar. No feminino, Andrezza e Vivian (AM/PA) conquistaram o título da etapa e garantiram o título do circuito. Foi a terceira etapa consecutiva vencida pela dupla, que na final, superaram  Val e Izabel (RJ/PA). Apesar de largarem bem no primeiro set, Val e Izabel dominaram no segundo, e estiveram na frente no tie-break. A calma da parceria, porém, prevaleceu, e elas fecharam em 2 sets a 1 (21/15, 12/21, 15/13), em 42 minutos

"Conseguimos cumprir o objetivo. Fechamos com chave de ouro. Título da temporada no sábado e agora o título da etapa. Programamos vencer as quatro paradas, vencemos três, estamos felizes. O jogo com a Andrezza funciona bem, pois uma consegue ajudar a outra nos momentos de dificuldade. Val e Izabel são excelentes jogadoras, vitoriosas e de muita experiência, mas conseguimos impor nosso jogo", disse Vivian.

No masculino, Harley e Fernandão (DF/ES) subiram ao lugar mais alto do pódio depois de vencerem Gilmário e Bernardo Lima (PB/CE), na final, por 2 sets a 0 (21/16, 21/11). Mas a dupla nordestina também comemorou: o vice-campeonato na Praia do Forte garantiu o título do Circuito. A dupla foi a mais regular ao longo das quatro etapas: quarto lugar duas vezes, quinto uma, e ficou com a prata em Cabo Frio, somando 1060 pontos.

"Queria agradecer à torcida, aos meus patrocinadores, ao público de Cabo Frio. Esse título é importante demais para minha carreira, estava buscando. Muitas vezes você treina forte e o esperado não acontece, mas o segredo é não desistir, treinar ainda mais forte. É uma marca excelente no meu currículo", destacou o paraibano Gilmário.

O Challenger é composto por quatro etapas. Ele já havia passado por João Pessoa (PB), Jaboatão (PE), e Aracaju (SE). O time vencedor de cada parada soma 400 pontos no ranking, além de receber uma premiação de R$ 13 mil. Foi a segunda vez que o Challenger foi disputado em Cabo Frio.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Violência desenfreada