Ex-vereador está entre 9 presos em operação contra tráfico em Araruama

O ex-vereador de Iguaba Grande, segundo as investigações, financiava a compra de drogas para quadrilha

Por em 16/09/2016 08h56
Um ex-vereador e um comerciante estão entre as nove pessoas presas durante esta quinta-feira, dia 15, em Araruama, em uma operação da Polícia Civil de combate ao tráfico de drogas e outros crimes na cidade. A operação intitulada "Tyrfing" investigou, durante nove meses, a quadrilha que segundo a polícia dominava a localidade conhecida como Favela do Corte, a mais violenta da cidade.

O objetivo era cumprir 20 mandados de prisão e outros de busca e apreensão na cidade. Quinze mandados foram cumpridos, mas cinco suspeitos não foram localizados e são considerados foragidos da Justiça. Durante a ação, os policiais civis apreenderam drogas e dinheiro.

A operação foi executada pela 118ª Delegacia de Polícia, com o apoio das delegacias integrantes do 4º Departamento de Polícia de Área (Região dos Lagos, Niterói e São Gonçalo), sob a coordenação do Delegado de Polícia Luiz Henrique Marques Pereira.

Segundo a polícia, o comerciante preso é apontado como o gerente do tráfico de drogas, e o ex-vereador de Iguaba Grande, segundo as  investigações, financiava a compra de drogas para quadrilha. Na casa do ex-vereador foram encontrados nove mil reais em espécie e um veículo suspeito de adulteração.

Investigações
Segundo a Polícia Civil, durante a investigação, os agentes apuraram que além do tráfico de drogas, os criminosos praticavam também roubos e homicídios, que nos últimos anos aumentaram consideravelmente os índices de criminalidade, causando grande repercussão e inquietude nos moradores da cidade.

Em março deste ano, os policiais da unidade haviam prendido um homem de 22 anos, suspeito de roubo e homicídio, que junto com seu irmão, de 34 anos, comandava o tráfico no local. O segundo homem foi preso em maio, no município de Itaboraí, em cumprimento a um mandado de prisão pelos crimes de homicídio, tentativa de homicídio e aborto.

Ainda no curso da investigação, os policiais localizaram o paiol de armas dos criminosos, onde apreenderam um fuzil calibre 5.56, três pistolas, um revólver e farta munição.  Em decorrência desse trabalho, foram efetuadas prisões em flagrante, drogas foram apreendidas e três veículos de propriedade dos traficantes foram sequestrados por decisão judicial e encontram-se a disposição da delegacia, atualmente compondo a frota de viaturas da unidade.

    

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Violência desenfreada