Fabricantes de materiais brasileiros preparam-se para ampliar relações comerciais

Com o objetivo de estimular os negócios e o intercâmbio de informações entre as empresas de materiais para o setor coureiro calçadista do Brasil e os fabricantes do Peru, entre os dias 19 e 21 de agosto o Footwear Components by Brasil – projeto da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) em parceria com a Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal) – promoverá a ida de empresas e designer brasileiros à Expo Detalles, que ocorrerá no Centro de Convenciones y Eventos Claro Plaza San Miguel, em Lima - Peru

Por Assessoria de Imprensa Assintecal em 17/08/2015 14h04

Com o objetivo de estimular os negócios e o intercâmbio de informações entre as empresas de materiais para o setor coureiro calçadista do Brasil e os fabricantes do Peru, entre os dias 19 e 21 de agosto o Footwear Components by Brasil – projeto da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) em parceria com a Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal) – promoverá a ida de empresas e designer brasileiros à  Expo Detalles, que ocorrerá no Centro de Convenciones y Eventos Claro Plaza San Miguel, em Lima - Peru

Essa, que é a principal feira de componentes para couros, calçados e artefatos voltada para os fabricantes de calçados, pretende também aproximar as indústrias de materiais brasileiros do mercado peruano por meio de novas parcerias comerciais. “Na última edição, realizada no início deste ano, as indústrias brasileiras participantes geraram mais de US$ 500 mil em negócios. Isso demonstra a boa receptividade que a indústria calçadista peruana demonstra pelo design e tecnologia dos materiais brasileiros. Estamos otimistas e esperamos superar os resultados do primeiro semestre”, comenta o presidente da Assintecal, William Marcelo Nicolau.

Já estão confirmadas a participação das empresas Coim, Maquetec, FCC, Linhanyl, Isa Tecnologia, Cipatex, Brasilpel, R. Mello e LRB Tecidos no showroom promovido pelo FC by Brasil, além da plataforma comercial Morbach Peru que estará presente com as empresas Formax, Biq Bertoncini, Freudenberg, Linhanyl, Máquinas Morbach, Pollibox, Saltos Schmitt e Wolfstore.

O Footwear Components by Brasil também levará à Expo Detalles a StartLine – incubadora que oferece aos fabricantes internacionais serviços em design e desenvolvimento de coleções, de forma virtual e presencial, visando sua capacitação e consequentemente a disseminação do design e dos materiais brasileiros. Durante os dias de evento, os fabricantes locais poderão usufruir das consultorias de design realizadas pela incubadora em seu stand.

Moda e Design - Um dia antes da abertura da Expo Detalles (18 de agosto), o estilista e consultor do Núcleo de Design da Assintecal, Jefferson de Assis, apresentará a palestra do Fórum de Inspirações Inverno 2016 no Moda Peru, que ocorrerá no Miraflores Colón Hotel (Jr. Colón Nº 600 Esq. c/. Juan Fanning, Miraflores), reforçando a imagem brasileira como referência de moda e design para o setor coureiro calçadista. Além da palestra, os visitantes poderão conhecer um pouco mais do design brasileiro através da exposição dos materiais do Fórum de Inspirações.

Oportunidade no mercado peruano – Atualmente o Peru é o 13º destino das exportações de empresas brasileiras fabricantes de materiais para o setor coureiro calçadista, somente no primeiro semestre de 2015 foram mais de US$ 8 milhões em remessas para o país (2,03% de participação do total). De acordo com dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior - MDIC, entre os principais segmentos exportados podemos destacar os produtos químicos para couro (33%), seguido de produtos químicos para calçados (20%) e saltos e solados (15%).

A indústria calçadista do Peru produziu 55 milhões de pares em 2014 (10% a mais do que em 2013), sendo que 80% da produção está concentrada em Lima. Os outros 20% estão situados em Trujillo, Piura, Arequipa, Chiclayo (Lambayeque), Huancayo (Junín) e La Selva. As empresas peruanas buscam desenvolver produtos com qualidade e design diferenciado, características essas essenciais para se distanciar da invasão de produtos mais baratos, vindos da China.  Hoje, as fábricas estão trabalhando com mais de 90% da capacidade de produção voltada para o mercado local, sendo que a exportação de calçados somou apenas 4,1 milhões de pares em 2014, enquanto que o consumo foi de 83 milhões de pares.

O Footwear Components by Brasil

Os fabricantes brasileiros que integram o setor de componentes para couros, calçados e artefatos interessados em ampliar suas relações comerciais com o mercado externo têm a oportunidade de participar, assim como outras 170 empresas, do projeto Footwear Components by Brasil, realizado pela Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), que pretende promover um bom desempenho das exportações e, consequentemente, do setor.

Podem participar empresas nacionais de materiais com foco no setor coureiro calçadista, que estejam estruturadas ou estejam se estruturando e que almejam iniciar ou aprimorar o processo de exportação. Como apoio na capacitação, a Central de Serviços mantém ao alcance das empresas informações sobre procedimentos de importação e exportação, dados de tributação, processos alfandegários, traduções, dentre outros, auxiliando a entrada no mercado internacional. Para mais informações, entre em contato por meio do e-mailrelacionamento@assintecal.org.br ou visite o site http://www.fcbybrasil.com/

Sobre a Assintecal

www.assintecal.org.br

A Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal) conta com três décadas de atuação constante em prol do setor, agindo diretamente na defesa de seus interesses através de várias frentes.  Seu trabalho é reconhecido pela força no diálogo com todas as esferas de governo, pela consolidação do mercado internacional e pela disseminação do conteúdo de moda, que inclui o desenvolvimento de produtos. A entidade conta com cerca de 300 associados, mas responde por um setor que congrega mais de 3 mil empresas. A associação está sediada em Novo Hamburgo (RS), polo considerado o maior cluster calçadista do mundo, e conta com escritórios regionais em São João Batista (SC), Nova Serrana (MG), Birigui (SP), Franca (SP) e Jaú (SP).


Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Famílias destruídas