Falta de coleta de lixo deixa moradores preocupados com foco de Aedes Aegypti

Copos, garrafas e pneus estão na rua

Por Redação JS em 15/02/2016 09h21

Os moradores do lote Aledia Emaús, Caminho de Búzios, entre Tangará e Parque Eldorado tem vivido muito lixo na rua (copos, garrafas e pneus) que o serviço de limpeza urbana afirma que não pode retirar.


No atual momento do país, onde há uma epidemia de doenças como Zika Vírus, Chikungunya e Dengue, este lixo é um potencial criadouro do mosquito Aedes Aegypti.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Famílias destruídas