Fogão em 2016 - Coluna de Esportes

Por Ricardo Sanchez em 23/01/2016 16h24

O Botafogo tem um ano difícil a cumprir e disso nenhum alvinegro tem dúvida. A falta de recursos financeiros, aliada á escassez de jogadores já consagrados no futebol Brasileiro, provoca insegurança e dissemina o receio de um novo rebaixamento. 


Mas se há algo a ser louvado neste cenário árido que envolve a montagem de um time padrão série A em meio a recuperação financeira e administrativa da instituição, é a sensatez do presidente do glorioso. O que já é um avanço e tanto. Carlos Eduardo Pereira não esconde a preocupação. Mas bastam dez minutos para se convencer de que é possível fazer de 2016 um ano de transição, e essa a meta entregue á dupla. Antonio Lopes, a quem cabe à gestão do departamento de futebol, e Ricardo Gomes, o técnico. 


O gol de ouro é a manutenção da equipe entre as grandes, se possível revelando jogadores que tragam resultados técnico e financeiro satisfatórios. Vamos ver!

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes Dupla vascaína
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Alvo humano