Galiotto lança “O Vale das Lágrimas Vermelhas” em Cabo Frio

O filme foi iniciado logo após o acidente ocorrido em Minas Gerais, no dia 5/11/2015. O rompimento da barragem deixou o saldo de 19 mortes, devastou povoado e causou prejuízos a milhares de pessoas

Por em 10/01/2017 09h51
No dia 20 de janeiro, às 19h, o Mart – Museu de Arte Religiosa e Tradicional de Cabo Frio (antigo Convento) recebe a exposição de fotos (em banners) e exibe o documentário “O Vale das Lágrimas Vermelhas”, do ambientalista, fotógrafo e empresário Ernesto Galiotto. O filme foi iniciado logo após o acidente ocorrido em Minas Gerais, no dia 5/11/2015. O rompimento da barragem deixou o saldo de 19 mortes, devastou povoado e causou prejuízos a milhares de pessoas.

Resultado de um ano de trabalho, o documentário traz muitos depoimentos e mostra a biodiversidade alterada. Foram cinco viagens com vários sobrevoos e verificação “in loco” de toda a área onde houve a maior catástrofe ambiental do Brasil e o maior desastre da mineração no mundo, em Bento Rodrigues – Mariana/MG. Mais que um documentário, o filme, faz um rico e completo inventário da Bacia do Rio Doce (680 km), da nascente em Minas Gerais até o encontro com o mar no Espírito Santo.

Galiotto entrevistou comerciantes, produtores rurais, ribeirinhos, e ainda coletou materiais para pesquisa. O trabalho científico foi elaborado pela UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e pela UFF (Universidade Federal Fluminense), que fizeram o levantamento da contaminação por mercúrio e metais, e a parasitofauna de quatro espécies de peixes.

A mostra, contendo banners com vinte fotos tiradas na região da tragédia, ficará aberta a visitação até o dia 10 de fevereiro. De terça a sexta das 10 às 17h, e sábados das 14 às 18h. O Convento N. Senhora dos Anjos fica no Largo de Santo Antônio, no centro da cidade.

 

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Feminicídio - Editorial JS