Hospitais de Cabo Frio podem fechar as portas

Segundo o presidente do Sindicato dos Servidores da Saúde (SindSaúde), as unidades correm risco de fechamento por falta de condições de trabalho.

Por Redação JS em 27/07/2016 19h59

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) realizou uma vistoria na tarde desta quarta-feira (27), no Hospital Municipal São José Operário e no Hospital Central de Emergência (HCE), em Cabo Frio, para apurar denuncias feitas por funcionários e pacientes de falta de materiais hospitalares.


Segundo informação da promotoria, em que foram coletados vários dados, também se constatou que não havia seringas e medicamentos básicos. Chefiando a equipe, que vistoriou os hospitais, estava a promotora Vânia Cirne, que teve a participação de representantes do Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro (COREN).



Segundo o presidente do Sindicato dos Servidores da Saúde (SindSaúde), as unidades correm risco de fechamento por falta de condições de trabalho. Mazinho estará no programa Bom Dia Litoral, da Rádio Litoral FM 94,5, nesta quinta-feira (28), às 8 horas.


Em nota, a prefeitura de Cabo Frio, informou que as unidades passaram por vistorias e as soluções feitas pelo MP foram solucionadas.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Violência desenfreada