Hospitais têm atendimento restrito por falta de funcionários em Cabo Frio

Segundo o município, HCE não está pegando casos de emergência. Hospital do Jardim Esperança não realizou atendimentos no fim de semana.

Por G1.com em 12/09/2016 10h48

O Hospital Central de Cabo Frio está com o atendimento restrito desde a última sexta-feira (9), por falta de funcionários. Segundo o município, a unidade tem medicamentos e médicos, mas está impossibilitada de atender emergências, por não ter o número suficiente de técnicos de enfermagem para aplicar as medicações prescritas.


Ainda de acordo com a Secretaria de Saúde, o Hospital do Jardim Esperança também atuou com atendimento restrito durante o sábado (10) e domingo (11) pelo mesmo motivo, mas voltou a funcionar normalmente nesta segunda-feira (12).


Segundo o município, as unidades ficaram sem funcionários para trabalhar devido à greve da categoria, que cobra salários atrasados da Prefeitura. Na semana passada, o Hospital da Mulher suspendeu os atendimentos por falta de materiais básicos e medicamentos.


Em nota, o município declarou que entende as reivindicações da categoria e afirmou que não está medindo esforços a fim de regularizar a situação do pagamento dos servidores.


A Prefeitura, no entanto, disse que lamenta que o serviço à população esteja sendo prejudicado por conta dos profissionais que não estão comparecendo ao trabalho, deixando descobertas as escalas de plantão por conta da greve.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Deus está no controle