II Conferência de Cultura de Iguaba Grande discute Plano Municipal

Encontro escolheu sete novos Conselheiros de Políticas Culturais

Por Ascom Iguaba em 16/11/2015 12h38
A Prefeitura de Iguaba Grande, através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, promoveu nesta última quinta, dia 12 de novembro, a II Conferência Municipal de Cultura. Aproveitando a comemoração do Dia da Cultura, que aconteceu no dia 05 deste mês, o evento que foi realizado na sede da Secretaria, contou com a participação especial do palestrante e historiador, Marcel Reis de Azevedo, além de autoridades locais e da população.

A tarde também foi marcada pela apresentação cultural de Sandy Cristina, a jovem cantora que aproveitou para fazer o lançamento de seu primeiro cd com a participação especial dos músicos Pedro Cortez e Joel Cardoso. Tendo como tema central “Uma política de Estado para a cultura, desafios do Sistema Municipal de Cultura”, o Diretor, João Gabriel Cortez, falou sobre as diretrizes do Plano Municipal que tem como finalidade disseminar conhecimento técnico em planejamento e ampliar a capacidade local de elaboração do Plano de Cultura.

“Agradeço a todos que participam da construção desse ideal, a cultura é o nosso selo de identidade, nossa marca indelével forjada através de gerações, sem ela não poderíamos falar se quer em nacionalidades e nações, seriamos apenas um aglomerado de gente sem rosto e sem vontade e a dignidade a mercê do jugo dos mais fortes. O lugar que não preserva e reconhece os seus valores culturais, jamais terá a oportunidade de enxergar a própria alma”. Declarou o Diretor de Cultura de Iguaba Grande, João Gabriel Cortez.

O Plano Municipal de Cultura é um instrumento de gestão de médio e longo prazo, no qual o poder público assume a responsabilidade de implantar políticas culturais de Estado com base em programas, projetos e ações garantidas por lei e que vão além da vigência de um mandato temporário. Trata-se, portanto, de uma ferramenta de planejamento estratégico, com duração de 10 anos. O seu processo de construção é participativo e se dá por meio da mobilização da sociedade civil.

O encontro teve como objetivo discutir e informar as novas diretrizes públicas para adequação do Sistema Nacional de Cultura, ouvindo os anseios da população em seus respectivos seguimentos. Foram pontuados seis eixos temáticos, e delegados foram escolhidos para representar o município na Conferencia Estadual de Cultura.

“Tudo que realizamos aqui em nossa Secretaria é baseado no esforço e a equipe do Departamento de Cultura sempre realiza um trabalho com muita excelência. A cultura é uma palavra muito significativa e abrangente, nós não saberíamos a história da humanidade se não fosse através da arte, sem a cultura nós não temos um histórico e é por isso que devemos valorizar esse departamento”. Ressaltou Sheila Atalla, Secretária de Educação e Cultura de Iguaba Grande.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Violência desenfreada