II edição de “Um sopro para a juventude” nas Escolas de Cabo Frio

O projeto do músico Gabriel Leite foi um dos contemplados pelo PROEDI

Por Anneliese Lobo em 16/09/2015 15h52

A segunda edição do projeto Um sopro para a juventude – valorizando e incentivando a música instrumental, do músico Gabriel Leite em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (SEME), é muito esperada pelas escolas da Rede Municipal. Neste ano, ele será ampliado para oito escolas contempladas e já começa no dia 18 de setembro. Todo o trabalho está sendo acompanhado pelo professor Márcio Augusto, coordenador de Arte e Música da SEME.

O projeto cultural estava entre os 28 contemplados pela Prefeitura de Cabo Frio através do Programa Municipal de Editais de Fomento e Difusão da Cultura (PROEDI). Instituído pela Lei nº 2.399, de 7 de dezembro de  2011, regulamentada pelo Decreto nº 4.721, de 25 de julho de 2012, objetiva assegurar aos artistas e às entidades civis sem fins lucrativos, de comprovada atuação cultural no Município, auxilio financeiro ou subvenção social, através da seleção pública e, dessa forma, fomentar a produção de acervo documental histórico-cultural do Município.

De acordo com Gabriel Leite, quando elaborou o Um sopro para a juventude teve a intenção de retribuir o que a música lhe proporciona, contribuindo com as escolas de música gratuitas e fazendo com que os jovens possam ter acesso à mesma oportunidade que teve. Para tanto, ele fará apresentações curtas de música instrumental e ainda indicará aos alunos escolas gratuitas de música tradicional em Cabo Frio, que são a Sociedade Musical 13 de Novembro e a Sociedade Musical Santa Helena.

Para a secretária de Educação Juciara Noronha a parceria reforça ainda mais o compromisso assumido pelo Governo desde 2013 pelo programa de política educacional amplo e integrado, apresentado através do slogan Todos pela Educação.

– A Educação precisa ser vista sempre com muito carinho por todos. Eu acredito que nesse sistema de cooperação, no qual cada um oferece o seu melhor para contribuir com o Ensino de nossa cidade, nós possamos ir bem mais longe, independentemente de crises. Por isso a nossa equipe sempre busca parceiros com o mesmo propósito para fortalecer nossas ações. Esse tem sido o nosso compromisso: a Educação entendida como prioridade! -, ressalta Juciara.

             Cronograma de atividades do projeto Um sopro para a juventude – valorizando e incentivando a música instrumental, que acontecerá sempre às sextas-feiras:


18/09

João Rocha – Vila Nova

 

25/09

Prof.ª Márcia Francesconi Pereira – São Cristóvão

 

02/10

Prof.ª Marli Capp - Unamar

 

09/10

Santos Anjos Custódios – Praia do Siqueira

 

16/10

Vereador Leaquim Schuindt – Jardim Esperança

 

23/10

Prof. Edilson Duarte – Jardim Caiçara

 

30/10

Agrícola Nilo Batista – Campos Novos

 

06/11

Colégio Rui Barbosa – Centro

Tópicos: Escolas

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Violência desenfreada