II Seminário de Educação Especial de Iguaba Grande reúne educadores do município

Evento discutiu sobre a melhoria da inclusão dos alunos com necessidades especiais no ambiente escolar

Por em 28/10/2015 16h06

Nesta última quinta, dia 22 de outubro, a Prefeitura de Iguaba Grande, através do NAE – Núcleo de Atendimento ao Educando da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, realizou o II Seminário de Educação Especial de Iguaba Grande, onde foram convidados educadores da rede municipal, estadual e particular de ensino. O evento que aconteceu no Centro Multiuso teve a participação de palestrantes profissionais da área e a presença de autoridades locais.

O objetivo do encontro foi trazer mais capacitação para que esses educadores estejam cada vez mais aptos no atendimento aos alunos com necessidades especiais além da atualização no que diz respeito à inclusão desses estudantes no ambiente escolar,  facilitando o aprendizado conjunto para toda a turma, respeitando e acatando a individualidade de ambas as partes.

Para isso o II Seminário de Educação Especial contou com a presença da psicóloga e especialista em Educação Especial, Mariza de Azevedo Brum e do Coordenador Técnico Ocupacional da APAE de Iguaba Grande e Especialista em Estimulação Precoce, Dr. Lair Ralha.

“O meu trabalho é poder estimular e propiciar o desenvolvimento de cada criança com deficiência através de várias atividades motoras, cognitivas, perceptiva e de inclusão, além das atividades práticas para que eles possam lidar no dia a dia se inserindo na sociedade”. Destacou o Coordenador Técnico da APAE, Lair Ralha.

“Esse é um momento riquíssimo, pois aqui os professores estão aprendendo como agir com cada aluno com necessidades especiais. Existem diferentes casos e cada um representa um novo desafio, e nós com muita essência e amor vamos conseguir superar cada etapa e assim poder cuidar da melhor forma possível das nossas crianças”. Declarou a Secretária Municipal de Educação e Cultura, Sheila Atalla.

O evento também foi abrilhantado com a apresentação cultural dos alunos da Escola Municipal Therezinha Pedrosa, do projeto EducArte, que trouxe muita emoção para o público com uma linda coreografia baseada no tema do Seminário.

“Esse Seminário foi feito com o intuito de trazer uma formação continuada para os educadores, justamente para que os profissionais que atuam nessa área de inclusão dos alunos com necessidades especiais possam ter a oportunidade de ampliar seus conhecimentos e modo de trabalhar. Acreditamos que quanto maior for o conhecimento mais esses alunos terão a chance de se inserirem não só no ambiente escolar, mas em todas as áreas”. Concluiu a Coordenadora do NAE, Karen Farias.

O termo “Educação Especial” denomina tanto uma área de conhecimento quanto um campo de atuação profissional. De um modo geral, a Educação Especial lida com aqueles fenômenos de ensino e aprendizagem diferente que não têm sido ocupação do sistema de educação regular, mas tem entrado em pauta devido ao grande movimento referente a educação inclusiva.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Deus está no controle