Inventário da Oferta Turística do Estado do Rio de Janeiro (IOT-RJ) passa por Búzios este mês

IOT-RJ é uma pesquisa que visa levantar, identificar e registrar a oferta turística do Estado do Rio de Janeiro nos 23 municípios contemplados

Por em 22/06/2016 11h45
O projeto do Inventário da Oferta Turística do Estado do Rio de Janeiro (IOT-RJ) vai acontecer em Búzios entre os dias 23 e 30 deste mês, das 14h às 16, na Pousada dos Reis, na Rua Portal da Ferradura, Centro. O IOT-RJ é uma pesquisa que visa levantar, identificar e registrar a oferta turística do Estado do Rio de Janeiro nos 23 municípios contemplados.
 
Na Região da Costa do Sol, a pesquisa de campo começou no dia 1 de junho e terá duração de 30 dias. Durante este período, os pesquisadores estarão inventariando os meios de hospedagem, atrativos culturais e naturais, bares e restaurantes, agências de viagens, entre outros locais. Serão catalogados aproximadamente dois mil lugares nos municípios de Búzios, Araruama, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Casimiro de Abreu, Iguaba Grande e São Pedro da Aldeia.
 
Este projeto, que faz parte do Programa Nacional do Desenvolvimento do Turismo (PRODETUR) e é financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), tem o objetivo de funcionar como um alicerce para criação de políticas públicas relacionadas ao turismo regional fluminense. Além disso, vale reforçar que a pesquisa está sendo totalmente realizada por meio de um moderno sistema digital com o uso de tablets, um processo pioneiro no Brasil quando se trata do uso desta tecnologia em projetos completos de oferta turística.
 
Se você é empresário, é muito importante que não deixe de responder as informações solicitadas pelos pesquisadores do Inventário da Oferta Turística do Estado do Rio de Janeiro (IOT-RJ). Eles estarão uniformizados e devidamente identificados.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Corrupção sem fim!