Justiça bloqueia bens do Prefeito Alair Corrêa e afasta filha e irmão da Prefeitura

O MP também pediu o afastamento cautelar de Alair Correa por 180 dias, mas o pedido foi indeferido pela Justiça, que considerou que a medida poderia ter “efeitos drásticos”.

Por Redação JS em 08/09/2016 18h09

O prefeito de Cabo Frio, Alair Francisco Corrêa, teve seus bens bloqueados e sigilo fiscal e bancário quebrados pela justiça. A decisão da justiça também revogou a nomeação dos secretários de Fazenda, Axiles Corrêa (irmão do prefeito) e a secretária de Assistência Social, Carolina Trindade Corrêa (filha do prefeito).


A decisão veio de uma ação civil ajuizada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Cabo Frio.


O prefeito está sendo acusado de várias irregularidades. Veja a lista enviada pelo Ministério Público:


Nepotismo; ausência de prestação de contas; falta de publicidade dos atos oficiais; descumprimento reiterado de decisões judiciais e de TAC´s firmados com o MP; contratação de servidores sem prévio concurso púbico; interferência indevida no Poder Legislativo; ausência de pagamento de servidores; desordem em serviços essenciais, como educação, saúde, assistência social e limpeza urbana.


O MP também pediu o afastamento cautelar de Alair Correa por 180 dias, mas o pedido foi indeferido pela Justiça, que considerou que a medida poderia ter “efeitos drásticos”.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Corrupção sem fim!