Licença médica do governador Pezão é prorrogada até 31 de outubro

Nova prorrogação é necessária para a recuperação física após efeitos colaterais da quimioterapia. Ele passará por perícia médica em outubro

Por Redação JS em 28/09/2016 16h51

A licença médica do governador Luiz Fernando Pezão, para tratar um linfoma, voltou a ser estendida, agora até o dia 31 de outubro. Segundo nota do governo do estado, a equipe médica que cuida de Pezão novamente alegou a necessidade de mais tempo para a sua recuperação física dos efeitos colaterais da quimioterapia. No próximo mês, ele será submetido à nova perícia médica.


O período de licença já havia sido estendido em agosto, quando passou para até 28 de setembro. O governador Pezão foi diagnosticado em março com um linfoma não-Hodgkin anaplásico de células T-Alk positivo. Após o diagnóstico, ele foi submetido a tratamento quimioterápico. ?


Em julho, exames de imagem mostraram resolução completa do quadro do linfoma. Com a melhora, os dois últimos ciclos de quimioterapia, previstos inicialmente, foram suspensos. Entretanto, os médicos que acompanham o governador dizem ser precoce dar como vencida a doença. Segundo eles, Pezão se encontra em remissão, não tem sintomas e evidência do câncer, mas permanece em tratamento para recuperação clínica total.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Famílias destruídas