Macabu Natal Encantado é destaque em sustentabilidade e compromisso social

Em sua segunda edição, o movimento leva muito mais que um espetáculo de luzes e cores para o principal ponto de encontro da cidade, a Praça Central, revela a importância da sustentabilidade e preservação do meio ambiente em meio às diversas mudanças climáticas no mundo.

Por em 02/12/2015 16h39

Garrafas pet, madeira de demolição, madeira em MDF, microlâmpadas e mangueiras de led dão um contraste especial e tipicamente natalino na Praça Dr. José Bonifácio Tassara, no município de Conceição de Macabu. É o Macabu Natal Encantado, nome sugestivo para a época, e que encanta moradores e turistas da pacata Macabu, localizada na região Norte Fluminense do Estado.


Em sua segunda edição, o movimento leva muito mais que um espetáculo de luzes e cores para o principal ponto de encontro da cidade, a Praça Central, revela a importância da sustentabilidade e preservação do meio ambiente em meio às diversas mudanças climáticas no mundo.


Ao todo, mais de 10.000 (dez mil) garrafas pet que seriam descartadas em lixos, córregos, matas e em aterros sanitários, ganharam cores, luzes, símbolos natalinos. Papai Noel, bonecos de neve, velas, guirlandas, bolas e até a bota do bom velhinho despertam a atenção de quem passa pela Praça Central, impossível tanta beleza fugir dos cliques.


Imponente, o carro-chefe da época mais encantadora do ano, desperta olhares curiosos. Bem no centro da Praça, lá está ela, reluzente com suas 3.100 (três mil e cem) microlâmpadas e dois globos de led, a árvore de Natal, confeccionada com mais de 4.000 (quatro) mil garrafas pet, toda a estrutura montada em vergalhão e telas. São quase 08 metros de altura de pura beleza e encanto, e claro, não podia faltar o toque especial, a estrela revestida de led. Anjos e renas feitos com sacolas plásticas, ao redor da arvore despertam o imaginário de quem passa por ali.


Em frente à Praça Central, o passado se une ao presente, o espaço que antes era o ponto de parada e partida da velha Maria Fumaça, agora é ponto de atração turística. No espaço, peças natalinas com tom rústico, formam um contraste especial com os tijolos maciços da antiga Estação Ferroviária. Vasos de barro, plantas da espécie suculentas, peças em MDF unidas a peças de ferro e alumínio, e um presépio feito com madeira de demolição com acabamento em MDF dão um toque especial e charmoso a Estação. Se antes era a Maria Fumaça que chegava e partia da Estação, com sonhos e desejos, agora é a vez do Papai Noel, que em cima do telhado, com um olhar de surpresa, atrai inúmeros olhares e muitos desejos de um Natal repleto de boas novas.


Ainda na Praça, como um passe de mágica, duendes e anjos trabalham a todo vapor na fabricação de brinquedos para o Natal, é a fábrica de Papai Noel. Logo à frente, renas e trenó aguardam o tão esperado dia para a entrega dos presentes, enquanto isso, estão disponíveis para fotografia, inclusive em cima do trenó do bom velhinho. São símbolos, peças e personagens todos feitos em madeira MDF, que ganham uma luz especial, formada por lustres feitos com garrafa pet.


O símbolo mais importante do Natal não poderia ficar de fora, um presépio feito em madeira MDF, com fundo em papel alumínio e luzes especiais, representam o nascimento de Cristo ao lado de Maria e José. Em cima do gramado da Praça, a peça mais importante da época une beleza e magia, com um toque de artesanato.


Para finalizar o toque de magia, dois quilômetros de led dão um charme de luzes nas arvores da Praça Central, formada por espécies nativas da mata atlântica e do coqueiro macaúba que deu origem ao nome da cidade. Enquanto isso na Estação Ferroviária, a fachada revestida e led chama a atenção pela valorização do ponto turístico.

Por trás de toda esta beleza, cores e luzes, protagonistas desta grande magia trabalharam duro nos bastidores, para dar origem e formas a centenas de peças criativas e sustentáveis. São artesões, instrutores de oficinas, orientadores sociais, usuários e equipe de apoio dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), equipamento vinculado a Secretaria Municipal de Promoção e Desenvolvimento Social. Além da sustentabilidade, o compromisso social se faz presente através de oficinas socioeducativas, muitas voltadas à criação de peças para o Macabu Natal Encantado.


Meses de trabalho e planejamento, garantiram que todo este espetáculo de luzes e cores fosse para a Praça Central. Com o apoio das Secretarias de Governo, Serviços Públicos e Segurança Pública e Turismo, o movimento tornou-se realidade e motivo de encanto para moradores e turistas.


Para dar um ar ainda mais natalino, até o dia 25 de dezembro, diversas apresentações musicais irão emocionar quem passa pela Praça Central, é o Música na Praça, movimento que se alia ao Macabu Natal Encantado e abrilhantará ainda mais o movimento.


Em sua segunda edição, o Macabu Natal Encantado, movimento que reúne não apenas a decoração da Praça Central, mas o compromisso com as boas práticas, inclusive as sustentáveis, revela um compromisso social com os menos favorecidos, isso porque no dia 20 de dezembro, a partir das 14h, no Parque de Exposições, será oferecida uma festa de confraternização para a população macabuense, com foco nas famílias em situação de vulnerabilidade. Um dia de paz, sonhos e desejos, com a chegada do tão esperado Papai Noel, com distribuição de almoço, bebida, picolé, sacola de doce, diversão e entrega de brinquedos para as crianças humildes do município, que sonham com um Natal mais feliz e de mesa farta.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes Dupla vascaína
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Alvo humano